Cachete - S. M. Antigamente, no Nordeste do Brasil, era assim que se chamava qualquer comprimido para dor.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Somos Todos Ativistas de Facebook!

Símbolo Revolucionário do Ativismo de Facebook

Já não se faz mais revolucionário como antigamente. O Facebook criou uma nova categoria de ativismo. O Revolucionário de Facebook. O radical de extrema esquerda que briga, xinga e esbraveja atrás da tela de seu notebook HP mas não tem coragem ou disposição para ir às ruas demonstrar sua indignação ou lutar pelas ideias que teoricamente defende.
Neste aspecto, a direita é muito mais organizada! A esquerda diz que ele irão para seu protesto de Louis Vitton, BMW e Chanel... É verdade!! E eles irão assim mesmo. Mas irão!! Vão defender o que pensam, o que acreditam. Saem do seu ar-condicionado e Home Theater para suar um pouquinho na rua... Mesmo sem água em casa! Tomam banho de lencinhos perfumados, depois... Mas irão!!
E nós??? Somos puros ativistas de Facebook!! Eles já fizeram diversas manifestações... Algumas com uma dezena de pessoas... Nós nem isso!! Para nós a revolução virá pelas teclas do HP Pavilion comprado em 12 vezes na Submarino! Enquanto isso, o Golpe é chocado em ninhos de seda chinesa...

Volta, Lenin!!!

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Cadernos de Educação Popular - Vol. 3 - Monopólios e Miséria

Preocupado com a total falta de educação política do brasileiro comum, o Blog O Cachete estará disponibilizado semanalmente estes Cadernos de Educação Popular. Trata-se de uma coleção dos anos 80. De fácil leitura, ilustrada e toda montada sob o viés socialista para auxiliar na educação política do homem comum, sem os tecnicismos dos grandes escritores... Porém não dispensa a leitura destes!

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Leandro Karnal: A Corrupção no Brasil em Breves Palavras


Espetacular!

Eu Li no Facebook: Messias Gonçalves Cardoso

Messias Gonçalves Cardoso
"O Brasil passou 500 anos se fazendo de coitadinho e colônia, povo lascado, e os governos vadios pedindo esmola pro FMI, pessoas morriam de fome, aí de 12 anos pra cá esse mesmo povo pode fazer faculdade, ter casa, celular top, pagar academia, e se dar ao luxo de reclamar de gasolina porque tem carro, andar de avião etc, antes coisas "de rico" aí parte desse mesmo povo acha normal um marginal como Cunha do PMDB mandar na câmara, acha normal o DEM comandar a reforma política, e acha mais normal ainda o PSDB e a sua rede Blobo nos bastidores como toda boa quadrilia articular a guerra contra o PT, único partido que proporcionou melhorias ao povo nestes 515 anos, e acha normalíssimo um bando de playboys que fazem passeata pedindo ditadura, fica indgnada pois só agora estão se prendendo os patifes que desde sempre fizeram a festa empreiteira na petrobrás, essa parte do povo tem mais é que se fu#@^ mesmo, colaboradores de golpistas covardes, lixos, não passarão."

Opinião dO Cachete:
O comentário foi publicado da mesma forma que foi escrito. Com formatação, pontuação e acentuação de origem. Acredito que e estes elementos façam parte da emoção do momento que foram escritos e não podem se perder por uma correção posterior!! São palavras emocionadas e sábias, escritas por alguém que ama seu País!

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Caderno de Educação Popular - Vol. 2 - Exploração Capitalista

Preocupado com a total falta de educação política do brasileiro comum, o Blog O Cachete estará disponibilizado semanalmente estes Cadernos de Educação Popular. Trata-se de uma coleção dos anos 80. De fácil leitura, ilustrada e toda montada sob o viés socialista para auxiliar na educação política do homem comum, sem os tecnicismos dos grandes escritores... Porém não dispensa a leitura destes!

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Cadernos de Educação Popular - Vol. 1 - Explorados e Exploradores

Preocupado com a total falta de educação política do brasileiro comum, o Blog O Cachete estará disponibilizado semanalmente estes Cadernos de Educação Popular. Trata-se de uma coleção dos anos 80. De fácil leitura, ilustrada e toda montada sob o viés socialista para auxiliar na educação política do homem comum, sem os tecnicismos dos grandes escritores... Porém não dispensa a leitura destes!

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Cláudio de Souza Gomes: "O Ódio ao PT é Classista e Racial"

Cláudio De Souza Gomes
Cláudio de Souza Gomes é
Arquiteto Aposentado
Posso estar completamente errado no que vou dizer, mas a questão é toda CLASSISTA e racial !!! 
Historicamente, São Paulo ao se desenvolver como "locomotiva" da Nação brasileira-fato inegável- incorporou ao seu ideário comum a prevalência da ideologia das classes dominantes, com todos os aparatos da mentalidade européia trazida pela importação da mão-de-obra mais especializada que, se lá era SUBALTERNA. aquí encontrou oportunidade de ser patronal. Assim pôde fazer a higiene dos seus complexos sociais, mas mantendo o mesmo esquema de dominador/dominado, patrão/servidor em plena voga no efervescente capitalismo de então. Ao longo do tempo, isso se cristalizou. Ao ser criado sob as asas inclusive financeiras da ala esquerda da Igreja Católica, notadamente a alemã (carne de pescoço), o PT desde o seu nascedouro já trouxe o estigma de ser, para o "patronato", apenas o petulante Partido não dos trabalhadores, mas dos EMPREGADOS. E para a classe patronal dominante, EMPREGADO FOI FEITO PARA OBEDECER E CUMPRIR ORDENS, NUNCA PARA MANDAR !!! É uma questão de princípios cuja mudança é INACEITÁVEL, A MENOS QUE O EMPREGADO QUE ASCENDA RENUNCIE "IN TOTUM" aos seus valores anteriores e assuma, plenamente, os da nova classe à qual aderiu. Dest'arte, por critério básico de julgamento, tudo o que vier do Partido dos Trabalhadores (leia-se "empregados), está ERRADO e é MAU. Seria pretender que o Senhor feudal pudesse dar alguma vantagem ou aquiescer ao servo da gleba. Se laboro em erro, aceitem minhas excusas e corrijam-me.

Comentário dO Cachete:
Excelente visão do problema! O inconsciente coletivo da elite jamais aceitará algo que possua "sobrenome" trabalhadores! 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil quanto ela mesma."
(Joseph Pulitzer)