Cachete - S. M. Antigamente, no Nordeste do Brasil, era assim que se chamava qualquer comprimido para dor.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Rodrigo Constantino: A VEJA deletou todo seu portfólio de textos

video
Afinal, lugar de LIXO é no LIXO!!!

O Senhor Rodrigo Constantino agora sente na pele o que nós sempre dizemos. A Casa Grande sempre irá usar as pessoas para atingir seus objetivos. Depois de exauridas, elas serão jogadas no lixo!!Ele foi apenas mais uma pedra no jogo... Descartado... Esquecido... De volta para a lata de lixo...

Quem Financia os Protestos Pró-Impeachment da Presidenta Dilma???

video
E segue o Golpe da Direita!!!

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

"Nada a Temer senão o correr da luta!"

Michel Temer - Traidor da Pátria

Na música Caçador de Mim, lançada em 1981, Milton Nascimento já previa a capitulação e traição do Vice-Presidente Michel Temer...

"Nada a TEMER senão o correr da luta"... 

O traidor do PMDB correu da luta... Capitulou e traiu sua Presidenta! 

Joaquim Silvério dos Reis, mineiro como Milton Nascimento, se orgulharia dele. Mais um para a coleção de Notórios Traidores da História do Brasil.... Joaquim Silvério, Calabar e Michel Temer. Que o peso da traição lhes seja pesado e doloroso.
A história do Brasil não o esquecerá.

domingo, 29 de novembro de 2015

Reinaldo Del Dotore: Bom Dia!

Reinaldo Del Dotore
Professor
Bom dia a todos os da cidade da República Boviniana do Brasil.

Vamos curtir mais um lindo domingo, em que poderemos expressar nosso racismo inconfesso e nossa intolerância travestida de liberdade de opinião, e continuar praticando nossos pequenos crimes e ilegalidades diários - que não devem ser punidos porque não são crimes e ilrgalidades dos outros.

Mais um lindo domingo em que vamos, preparando nosso churrasquinho em nossa varanda gurmê ou nos restaurantes badalados que costumamos frequentar enquanto os serviçais do váleti párquingui velam por nossas SUVs, lamentar a profunda crise que está acabando com o Brasil.

Outro maravilhoso fim de semana para, por meio de palavras que representam a moral e os bons costumes, afastar de nosso convívio os parentes e colegas que pregam, defendem e praticam o Mal.

Ao final desse lindo domingo de sol, vamos prestar atenção ao Fantástico para sermos orientados sobre quem e o que deveremos odiar durante a semana vindoura e, especialmente, para não sabermos nada que não venha ao caso.

Resposta dO Cachete:
Bom dia, meu amigo Reinaldo!

sábado, 28 de novembro de 2015

Gilson Caroni Filho: Vamos aos Fatos?

Gilson Caroni Filho
Professor
Vamos aos fatos? O que está ocorrendo agora não pode ser debitado exclusivamente na conta da imprensa partidarizada. Todos os que pediram um combate efetivo a ela foram desautorizados por lideranças petistas, incluindo o ex-presidente Lula e a presidente Dilma. A distribuição de verbas publicitárias continuou farta e generosa para as famílias Frias, Marinho, Mesquita, Saad e Civita. Só recentemente a Veja deixou de publicar anúncios governamentais.
Desde que chegou ao governo, o PT aceitou a filiação de quadros egressos de outros partidos. Isso é normal em agremiações de massa que desejam aumentar sua capilaridade em estados e municípios. Mas há um limite para tudo. A Direção Nacional sabia muito bem quem era o senador Delcídio Amaral, seu passado no PSDB e seu histórico de desmandos. Portanto, façam-me um favor: não falem em traição ou quebra de confiança.
Em 2014, o atual governo se elegeu com uma agenda e está governando com a do seu adversário. O ajuste fiscal segue à risca o receituário tucano e penaliza exclusivamente a classe trabalhadora.
Desde então, o lucro líquido do setor financeiro foi o mais elevado do mundo e o rendimento médio dos assalariados está em queda vertiginosa. A vida nunca foi tão rósea para grandes corporações, operadoras de plano de saúde e empreiteiras.
Vivemos uma recessão que põe em risco as políticas inclusivas adotadas nos últimos doze anos. E isso não é ficção fabricada pela imprensa.
Outro ponto merece um comentário. Sem dúvida, sempre houve corrupção em um país que nunca chegou a ser plenamente republicano. Somos ainda uma formação patrimonialista. Muitos argumentam que se o PSDB tivesse vencido as últimas eleições as coisas estariam bem piores. Têm razão, e ainda haveria um agravante: a imprensa blindaria tudo. Mas é esse o nosso parâmetro para avaliar a conjuntura? Até quando vamos encarar uma crise política ancorados na crença sebastianista do retorno de Lula? Desculpe o desabafo. Mas quem o escreve não costuma dar palpites ocasionais. Estive ativamente no partido desde a construção dos núcleos de base. A partir de 2003, publiquei diversos artigos no Jornal do Brasil, Carta Maior, Caros Amigos, Correio Braziliense e em diversos sites. Em todos combati uma oposição retrógada e uma esquerda descompromissada. Não tenho, há um bom tempo, qualquer vínculo partidário e não pretendo mais voltar a tê-lo. Lutei muito por um partido melhor. Não posso me contentar que tenha se transformado no “menos pior”. O que mais me deixa enraivecido é a indignação seletiva. Infelizmente, ela não é mais prerrogativa da direita. Não volto mais a escrever sobre política em redes sociais. E bloquearei os que escreverem comentários insultuosos. Estou com a paciência no limite.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Justiça Parcial não é Justiça! É caça às Bruxas!!

Senador Delcídio Amaral

Este pobre blogueiro não possui a qualidade de poder julgar a ação do Senador Delcídio Amaral. Mas gostaria de tecer alguns comentários e fazer algumas perguntas que desejaria muito que fossem respondidas.

Ao PT:
- Se todos consideravam o Senador Delcídio Amaral um infiltrado tucano no PT, por que deram a liderança do Partido no Senado a ele??

Ao STF:
- Qual o motivo da quebra da imunidade parlamentar do Senador Delcídio Amaral em tempo recorde?
- Gravação por gravação, existe uma gravação que cita que o Senador Agripino Maia teria recebido propina de 1,5 milhão de reais na negociata da Arena das Dunas. E ele continua solto! Atrapalhar investigações não pode. Propina pode??
- O Senador Fernando Collor foi pego com a boca na botija e teve carros presos! Mas ele continua solto!! Pode???
- Os Senadores José Serra e Aécio Neves tiveram seus nomes citados na Lava Jato e divulgados na famosa "Perícia das Tarjas Pretas" do conteúdo do aparelho celular do Sr. Marcello Odebrecht junto ao nome do Governador Geraldo Alckimim. E estão pagando de Pais da Moralidade do Brasil. Por que não estão presos??

Não. Isso não é Justiça! É Caça às Bruxas. E as bruxas são todas PTistas!!

Estamos correndo um grande risco de golpe orquestrado a 6 mãos! STF, Oposição e Imprensa! O que é contra o PT é amplamente divulgado e massacrado pela oposição e imprensa. O STF avaliza tudo! E com direito a frases de efeito da Ministra Carmem Lúcia "Crime não vencerá a Justiça". Não! Ele já se instalou nela, Sra. Ministra! Gilmar "Lista de Furnas" Mendes não me deixa mentir!!!

E segue o desmantelo do estado de direito!

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Perguntar não ofende. E se Dilma...

Dilma Rousseff - Presidenta do Brasil

Perguntar não ofende, como no ditado popular ....

E se...?????

"E SE DILMA...

E se Dilma tivesse vendido uma estatal, avaliada em mais de 100 bilhões, por 3,6 bilhões, como FHC(PSDB) fez com a Cia Vale do Rio Doce?
E se Dilma tivesse construído dois aeroportos, com dinheiro público, em fazendas da família, como fez Aécio Neves(PSDB)?
E se Dilma estivesse na lista de Furnas, junto com FHC, Geraldo Alkimin, José Serra, Aécio Neves(todos do PSDB)... Entre outros?
E se Dilma estivesse acusada de receber propinas da Petrobrás, como Aloysio Nunes(PSDB)?
E se Dilma estivesse sendo processada no STF, por ter recebido propinas da empreiteira OAS e ter achacado o Detran do seu estado, em um milhão de reais, como Agripino Maia(Dem)?
E se Dilma tivesse sido denunciada como beneficiária do contraventor Cachoeirinha, além de estar sendo processada, por exploração de trabalho escravo, em sua fazenda, como Ronaldo Caiado(Dem)?
E se Dilma estivesse sendo investigada na Operação Zelotes, por ter sonegado 1,8 milhão de reais e corrompido funcionários públicos, para que essa dívida sumisse do sistema da Receita Federal, como Nardes(Conselheiro do TCU, ligado ao PSDB)?
E se Dilma tivesse sido manchete de capa no New York Times, por suspeição de narcotráfico internacional, o que gerasse diversas reportagens na televisão norte americana, agentes do DEA, Departamento Anti Drogas, dos Estados Unidos, tivessem vindo ao Brasil, para investigá-la, e um helicóptero com quase meia tonelada de pasta de cocaína fosse apreendido em uma fazenda de amigo pessoal e sócio dela, em negócios não muito claros, como Aécio Neves(PSDB)?
E se a filha da Dilma fosse assessora do presidente da CPI da Petrobrás e lobista junto a Nardes, um conselheiro do TCU, e tivesse uma conta secreta no HSBC suíço, por onde passaram milhões de dólares, como Daniele Cunha, a filha de Eduardo Cunha(PMDB)?
E se Dilma tivesse sido presa em 2004, por fraude em licitação de grandes obras, no Amapá, e tivesse sido condenada por corrupção, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, como Flexa Ribeiro(PSDB)?
E se Dilma, quando prefeita de Salvador, tivesse sumido com 166 milhões das obras do Metrô, como Antônio Imbassay(PSDB)?
E se a filha da Dilma tivesse tido um único emprego, de assessora da mãe, e a revista Forbes a colocasse como detentora de um das maiores fortunas brasileiras, caso do Serra(PSDB) e sua filhinha?
E se Dilma tivesse 18 processos por corrupção, como José Serra(PSDB)?
E se Dilma tivesse 22 processos por corrupção, como Eduardo Cunha(PMDB)?
E se Dilma tivesse dado dois Habeas Corpus, em menos de 48 horas, a um banqueiro que lesou o sistema financeiro nacional, para que ele fugisse do país; desse um Habeas Corpus a um médico que dopava a suas clientes e as estuprava (foram 37 as acusadoras), para que ele fugisse para o Líbano; se fizesse uso sistemático de aviões do senador cassado, por corrupção, Demóstenes Torres(Dem); se tivesse votado contra a Lei da Ficha Limpa por entender que tornar inelegível um ladrão é uma “atitude nazi-fascista”(sic), tendo a família envolvida em grilagem de terras indígenas, como Gilmar Mendes (Ministro do STF)?
E se Dilma colocasse sob sigilo, por 25 anos, as contabilidades da Petrobras, Banco do Brasil e BNDES, como Geraldo Alkimin(PSDB) colocou as do Sistema Ferroviário paulista, das Sabesp e da Polícia Militar, após se iniciarem investigações da Polícia Federal, apontando desvios de muitos milhões?
E se Dilma tivesse sido governadora e, como tal, cassada, por conta de compra de votos na campanha eleitoral, corrupção e caixa dois. Como Cássio Cunha Lima(PSDB)?
E se Dilma, em sociedade com Mário Covas(PSDB) tivesse comprado uma enorme fazenda no município mineiro de Buritis, em pleno mandato, e recebesse um aeroporto de presente, construído gratuitamente, de uma empreiteira, constatando-se depois que foi essa empreiteira a que mais ganhou licitações no governo FHC(PSDB), sócio de Covas?
E se Dilma declarasse à Receita Federal e ao TRE ter um patrimônio de 1,5 milhão e a sua filha entrasse na justiça, reclamando os seus direitos sobre 16 milhões, só parte do seu patrimônio, como aconteceu com Álvaro Dias(PSDB)?
E se Dilma estivesse sendo acusada de ter recebido 250 mil de uma empreiteira, na Operação Lava Jato, como Carlos Sampaio(PSDB)?
E se Dilma tivesse comprado um apartamento no bairro mais nobre de Paris e, dividindo-se o valor do imóvel pelos seus rendimentos, se constatasse que ela teria que ter presidido este país por quase trezentos para tê-lo comprado, caso de FHC(PSDB)?
E se Dilma fosse proprietária da maior rede de televisão do país, devendo quase um bilhão de impostos e mais dois bilhões no sistema financeiro, e tivesse o compromisso de proteger corruptos e derrubar a presidente, em troca do perdão da dívida com o fisco e financiamento do BNDES, para quitar as dívidas da empresa, como no passado, caso dos irmãos Marinho, proprietários da Rede Globo de Televisão?
E se Dilma tivesse sido denunciada seis vezes, por seis delatores diferentes, na operação Lava Jato, e fossem encontradas quatro contas suas, secretas, na Suíça, alimentadas por 23 outras contas, em paraísos fiscais, e o dinheiro tivesse sido bloqueado pelo Ministério público suíço, por entendê-lo fruto de fonte escusa, e tivesse mandado toda a documentação para o Brasil, com a assinatura dela, como aconteceu com Eduardo Cunha(PMDB)?
Certamente Dilma, investigada noite e dia, em todas as instâncias, sem um indiciamento, sem sequer evidências de crimes, no dizer do promotor da Lava Jato e de um dos advogados dos réus, “uma mulher honrada”, não estaria com os citados pedindo o seu impeachment.
O seu crime? Chegou o dia de pagar os carentes do Bolsa família e o tesouro não tinha dinheiro. Ela pegou emprestado com a Caixa Econômica Federal e pagou à Caixa três dias depois. Isto é pedalada e por isso todos os citados acima a querem fora do governo.
Porque é desonesta ou porque é um risco para os desonestos?
Para apressar a tramitação dos processos em curso ou para arquivá-los?"

Francisco Costa
Rio, 23/10/2015.

domingo, 18 de outubro de 2015

Bonecos: Os Agentes Políticos de uma Oposição Fascista e Inflável

Boneco da Dilma Furado

Por falta de representação política à altura, a oposição ao Governo Federal, aliada a grupos fascistas financiados por grupos financeiros de extrema direita, inclusive ligadas a setores da Maçonaria, sacou como seus grandes representantes os bonecos infláveis.
Chega até ser uma ironia. Logo após a polêmica do armazenamento de ar para gerar energia, falada no discurso da Presidenta Dilma. Só que no primeiro caso, ele gera energia. No segundo caso, gera ódio!
Hoje, em nova tentativa de instalar um boneco em mais uma manifestação fascista, a UJS - União Jovem Socialista - e seus jovens aguerridos e de sangue revolucionário, acabou com a festa deles. Passaram um estilete e o boneco fascista murchou...
Quando será o próximo ato fascista? Não sabemos ainda. Mas a UJS estará lá! Com seu estiletes para cortar o barato desta Oposição Inflável.

MIL VIVAS para a UJS!!

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Tributo a Jussara Seixas

Que os espíritos de luz a recebam em paz!

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Elite Carioca: Do Ocaso ao Apogeu...

video



Opinião dO Cachete:
A Ângela Moss foi de muita coragem ao se expor e dar este depoimento após a divulgação deste vídeo. Todos cometemos erros. Desculpar-se e reconhecê-los e digno! 

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Michel Zaidan: O convite de Vossa Excelência

Michel Zaidan
Professor
Tive a súbita honra de receber, nesta manhã, em minha residência, um jovem e simpático oficial de Justiça convidando-me para uma audiência na 7a Vara da Justiça Criminal de Pernambuco, com o Excelentíssimo Senhor Governador do estado, o sr. Paulo Henrique Saraiva Câmara.

O lacônico e singelo documento, assinado por uma servidor da Justiça chamado Elisan da Silva Francisco, não menciona o assunto. Apenas marca a hora, o dia e o lugar do encontro.

E uma advertência “em se tratando da parte, o não comparecimento da mesma implica na presunção de culpa perante os fatos contra ela alegados (art.343, 1o e 2o do CPC).

Deve ser um privilégio do cargo (não só a celeridade do rito de inculpação), mas o poder de convocar uma pessoa a “prestar depoimento pessoal”, sob assunto não mencionado, sob pena da presunção confessada dos fatos contra si alegados.

Que fatos?

Que denúncias?

Que crimes?

Onde fica a presunção de inocência? O devido processo legal? O direito do contraditório….quando o litigante é o governador do estado?

Por quê Vossa Excelência não teve a gentileza de declinar as razões de tão honroso convite?

– Teria sido, por acaso, pela publicação no Blog de Jamildo de um pedido de explicação sobre as denúncias da Polícia Federal de superfaturamento e favorecimento a uma empresa construtora, por ocasião da contratação das obras da Arena Pernambuco, na operação Fair Play?

Gostaria de dizer que não fui denunciado pela PF nessa operação. Não tenho ligações com a Construtora Odebrecht, não fui beneficiado pelo favoritismo da “concorrência”. Não sou servidor público estadual e nem tenho negócios com o estado.

SOU PROFESSOR TITULAR DA UFPE, e não moro na Várzea.

Na breve convivência com a “entourage” do ex-governador, seja nas reuniões de Boa Viagem, seja em sua mansão do Sítio dos Pintos, ou na Pousada de Olinda, não tive o prazer de conhecer o digno mandatário.

Tive sim com o prefeito Geraldo Júlio, na Assembléia Legislativa. Para mim, é frustrante ser convidado por ele, sem saber exatamente de que se trata.

Candidamente, o portador do convite perguntou se era proibido fazer crítica às autoridades públicas em nosso estado. Ou se o estado tinha dono. Pura inocência, a dele!

Um mandatário popular (prefeito, governador, presidente) recebe uma autorização pelo voto para tomar decisões políticas e administrativas, respeitando os comandos constitucionais e as demais leis do país e do estado. Ele, portanto, deve satisfação aos seus representados.

Não pode prometer uma coisa e fazer outra. Ou seja, um auditor de contas, transformado em secretário da Fazenda e eleito governador, não pode simplesmente alegar o desconhecimento de fatos graves, como o “rombo” de 8.000.000.000 nas contas estaduais, atender às exigências de pagamento da Arena Pernambuco (40.000.000) e dizer que não tem dinheiro para a educação, a saúde, a segurança pública, o esgotamento sanitário, o poder judiciário etc.

E colocar a culpa no governo federal ou no ajuste fiscal ou na lei de responsabilidade fiscal ou na crise mundial ou seja lá no que for.

É como se praticasse um estelionato eleitoral para com os eleitores, aproveitando a comoção pública pela morte do seu patrono político.

Como dizia o outro, quem não tem competência, não se estabelece.

O que não dá é para o povo de Pernambuco aguentar as consequências desse descalabro administrativo, pela eleição de um gestor que pressupunha um chefe ou um comandante que desapareceu. E agora Jose? Para onde?

Aqueles que confiaram o seu voto e mesmo os que não confiaram o seu ao atual governador do Estado têm todo o direito de saber o que aconteceu com as contas públicas de Pernambuco e qual a relação da política e dos políticos pernambucanos com as denúncias publicizadas com a delação premiada dos réus da Operação Lava Jato, da construção da Refinaria Abreu e Lima e, agora, da Arena Pernambuco.

É sobre esses assuntos que o governador quer conversar?

OUTRO LADO:

O Blog de Jamildo entrou em contato com a assessoria do governador, que declarou que não vai se pronunciar sobre o assunto.

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Marise Morais: Do Ódio à Mulher ao Ódio ao País

Marise Morais
Psicóloga Clínica
Abrindo as páginas da rede e lendo os comentários de uma rede social, fiquei sabendo que um cantor popular cujos sucessos são vintenários (um a cada vinte anos) na festa denominada Brazilian Day em Nova Iorque teria usado palavrões para referir-se á presidenta do Brasil. Ainda no mesmo momento teria debochado do ex-presidente Luis Inácio –Lula – referindo-se á sua deficiência física. O que esperar? Alguma surpresa? Certamente que não.
O senhor em questão sempre foi reconhecido por pautar suas relações afetivas (?) em pequenos escândalos de casamentos que são reconhecidos pela sua fragilidade. Alguns desses casamentos terminaram inclusive com cenas de violência doméstica.
Um outro escândalo também envolveu o senescente cantor quando pôs em dúvida a educação e a proteção de sua filha por sua ex-mulher que é uma atriz reconhecida pelo seu talento tanto quanto pelos seus valores familiares, chegando a ventilar possível abuso sexual da jovem que à época era menor de idade. O tempo provou o contrário.
Comportando-se sempre como um adolescente desajustado, o artista apresentou-se algumas vezes em shows onde parecia drogado ou embriagado, muitas vezes precisando abandonar o palco por falta de condições para finalizar o evento.
Assim de escândalo em escândalo a carreira desse senhor entra em franca decadência.
Visto de forma grosseira, o astro parece ser alguém que faz sucesso com as mulheres, no entanto, o que podemos observar é exatamente o contrário.
Incapaz de permanecer em uma relação afetiva duradoura, o ídolo decadente sempre demonstrou a sua instabilidade emocional, imaturidade afetiva e por fim o deu ódio contra a figura feminina, não poupando sequer a própria filha do seu desamor. Pai desajustado de muitos filhos, alguns abandonados afetivamente por esse ser infanto-senescente.
Misógino (aquele que odeia a mulher), o presente senhor é apenas uma figura empobrecida do que relata em suas musicas que falam de amor. Mas falar de amor não é sentir amor. Falar sobre algo é como ver um cartão postal de uma cidade e achar que pode conhecê-la e dominar seus caminhos com facilidade. Afinal ver Paris nas imagens de sites de busca e rotas não ensina ninguém a conhecer a cidade ou falar francês. Isso é o que é esse senhor.
Ora, se um homem é capaz de dirigir-se a uma senhora com palavras ofensivas, (não importando quem seja essa senhora) imagine o que não reserva para as mulheres que tiveram o dissabor de relacionar-se com ele entre quatro paredes.
O pior de tudo, esse senhor foi convidado para representar o Brasil em um show comemorativo da sua data maior na maior cidade do mundo. Cabia a ele saber comportar-se com cidadania e educação. Poderia até feito seu protesto se está insatisfeito politicamente, mas usar de palavrões em público é inaceitável.
Acostumado a deslizar de leito em leito e sendo expurgado por cada mulher que cruzou seu caminho, o ídolo demonstra a sua misoginia em cada gesto. Ódio à mãe? Seria apelar para uma psicanálise selvagem na tentativa de analisar os propósitos inconscientes deste senhor. No entanto não podemos deixar de observar que ele ofende e maltrata cada mulher que o acompanha, não poupando sequer a própria filha. Por que faria diferente com a mulher mais poderosa do país? 
Esse senhor deveria procurar analisar um pouco sua vida para poder tentar salvar o pouco de dignidade que lhe resta, Uma análise lhe cairia bem. Mas certas psicopatias não se prestam â analise por pura incapacidade de auto reflexão e insigth.
Imaturo, sexista, preconceituoso e desequilibrado, o ídolo de barro tomba sobre a fragilidade da sua própria mentalidade, despreparado para conviver com as mulheres, os diferentes e os que não refletem a imagem que ele pensa que possui. Como Narciso, o mito, irá afogar-se em suas próprias mágoas ou em líquidos estocados barris de carvalho.
Marise Morais – psicóloga clínica

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Brasileiros e sua busca pelo Inferno

O Inferno

O Brasileiro nunca conheceu o Céu! Mas já conheceu o inferno! Nos últimos 12 anos recebeu um indulto e passou para o Purgatório... Bem melhor que o Inferno! O calor diminuiu. Mas, só foi aumentar um pouco a quantidade de chibatadas no Purgatório que ele passou a sentir saudades do Inferno. Parece ser a famosa Síndrome de Estocolmo! Saudades do que foi ruim.
Lembro dos "Anos Perdidos" de FHC. Altas taxas de juros, crise elétrica (alguém lembra da tabela de kWh??); filas enormes de desempregados brigando por uma vaga para "qualquer coisa"; faltavam universidades, escolas técnicas, o déficit habitacional era imensurável, a produção agrícola era uma piada, a fome grassava no Nordeste. Mas parece que ninguém lembra. E, quando se refere a este período, tem memórias montadas. Lembram de um tempo que nunca existiu (O professor Leandro Karnal fala muito bem disso em uma de suas palestras). Até mesmo como forma de defesa psicológica para apoiá-lo na "onda" que ele surfa. Nesta onda de que tudo é culpa do PT, Lula e Dilma! Nesta onda criada pelos partidos mais corruptos do Brasil - DEM e PSDB - na clara tentativa de ludibriar cabeças despreparadas (lembrei de um amigo!) e que muita gente embarca!
Conheço uma pessoa que sempre reclama da desgraça que está o Brasil por causa do PT... Hoje está comemorando seu aniversário em um flat em Porto de Galinhas e sua filha faz medicina com apoio do FIES...
Conheço um empresário que sofre do mesmo mal... Está demitindo 180 pessoas de sua empresa. Mas esqueceu que em 12 anos ficou rico!

O Brasil mudou para melhor! Não é o Céu... Nem nunca será! "A felicidade plena não é deste mundo!". Mas eu continuo tentando entender esta eterna busca dele pelo pior... Pelo Inferno...

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Leandro Fortes: CPMF para Iniciantes

Leandro Fortes
Jornalista
Caro pobre de direita, caro infeliz da classe média remediada.
Caso, por algum milagre, você conseguisse ganhar 1 milhão de reais em um ano, a CPMF recolhida no período, numa base de cálculo de 0,38%, seria de cerca de 3,8 mil reais.
Ou seja, ainda lhe restariam 996,2 mil reais para você curtir a vida adoidado.
Mas como a realidade do nosso capitalismo tropical lhe impõe um salário anual de, na melhor das hipóteses, uns 40 mil reais por ano, esse desconto ficaria em 152 reais.
Isso mesmo: 152 reais anuais.
12,6 reais por mês.
42 centavos por dia.
Em compensação, o Sistema Único de Saúde, que tem um potencial de atendimento de 200 milhões de pessoas, iria recuperar uma receita de 80 BILHÕES de reais que foi retirada pela oposição, capitaneada pelo PSDB (que havia criado o imposto), de maneira mesquinha e canalha.
E essa ação nada teve a ver com a tese fantasiosa de que o brasileiro paga imposto demais.
A CPMF foi extinta por pressão do grande capital financista e por boa parte dos empresários que hoje chafurdam na lama da Lava Jato porque era uma ferramenta de rastreamento de movimentos financeiros 100% eficiente.
Então, o maior e mais democrático sistema universal e gratuito de saúde do mundo foi sangrado por quem não precisa usá-lo para que o Estado não tivesse nas mãos um instrumento essencial de monitoramento fiscal.
E você, pobre de direita, infeliz da classe média remediada, que em algum momento vai precisar usar o SUS, se é que não o usa escondido dos colegas da firma, fica repetindo feito um babaca a lengalenga da elite econômica que lhe fode a vida achando que, com isso, ainda vai ser aceito por ela.
Não vai.

A DIRETORIA

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Crítica a um texto apócrifo do WhatsApp

Recebi este texto hoje pela manhã em meu WhatsApp. Nem sei se é realmente do Sr. Alberto Saraiva do Habib's. Nem sei se o dono da cadeia Habbib's se chama Alberto Saraiva...Mas, sigamos!
Desabafo do Alberto Saraiva do HABIB's

"Quer me chamar de coxinha, paneleiro, elite branca, bebedor de Black Label (parabéns pra esse último! Sensacional!)
Ok. Acho até divertido.
Mas faz um favor para o seu país antes!
Emprega alguém!
Na CLT!
Paga tudo direitinho!
Pega toda a sua grana e coloca na sua ideia.
No seu negócio.
Pega um financiamento, com a maior taxa de juros do mundo, e arrisca seu pescoço na sua iniciativa.
Aluga um escritório ou uma loja!
Compra um estoque!
Corre o risco de verdade!
Se o governo tirar o incentivo para o consumo, não desanima.
Pega outro empréstimo, com a maior taxa que o mundo moderno já viu!
Paga os juros do primeiro empréstimo com outro empréstimo!
E vai com fé na sua ideia!
Paga o décimo terceiro e as férias do teu funcionário!
Sem vender merda nenhuma em Dezembro... Janeiro... Fevereiro.
Nem no mais lindo Carnaval do mundo, quando todo mundo para de trabalhar.
Ou na Copa das Copas que te deu 12 dias úteis num mês corrente.
Paga mais para os teus fornecedores, já que os seus custos também aumentaram devido à energia, gasolina e dólar.
Mas, diminui o seu preço, pra tentar ser competitivo numa economia recessiva.
Então, tenta fazer com que uma estrutura enxuta seja perene.
Acaba com sua eficiência!
Vai ser difícil, já que o seu cliente está quebrado e não pode te pagar mais.
E corre o risco de quebrar de vez, perdendo todo capital que você investiu.
Fez tudo isso?
Então beleza!
Me chama do que quiser.
Você é um herói e não me interessa qual partido apoia!
Tem o meu respeito!
Não fez nada disso?
É político de carreira?
Está encostado em alguma bolsa?
Mama na teta do governo?
É vagabundo?
E pensa que pode falar sobre patrão e empregado, classes sociais, oportunidades e exploração da cadeia produtiva.
Desculpa, mas... Cala a boca!" 
E vá pra puta que o pariu!
Só entende esse texto quem está no ramo do comércio, é empresário, é autônomo!

Opinião dO Cachete:
O autor do texto acredita que pagar impostos e obrigações trabalhistas o fazem um herói! Sou empresário, também. Entrei nesta briga sabendo de todos os bônus e ônus que a atividade me proporcionariam. Ou o Sr. Saraiva quer adotar o trabalho escravo como mola impulsionadora do seu empreendimento? Isso também tem custo. Os salários de Capitão do Mato e Feitor estão pela "hora da morte"... de um Escravo!
Economia recessiva?? Culpa do Governo?? Este mote já está ficando chato! A CRISE é de 2007! Passamos 8 anos fugindo dela! Ela aproximou-se do Brasil agora! E já apresenta sinais de partida!
Agora, se não sabe gerir durante período de crise, pega o boné e "pede para sair!". Bons marinheiro só se fazem durante a tempestade!! Quer me vender a cadeia Habib's? Eu compro. Se aceitar financiamento do BNDS ou Banco do Nordeste!! Pago em 200 anos! Ou menos!! Mas pagarei! Com recolhimento de impostos e assumirei todo o ativo e passivo da empresa!! Topa??? Não, né?

sábado, 22 de agosto de 2015

Meninos, eu vi!! - Parte 3

"Helipóptero" do Perrela

Meninos, eu vi!

Eu vi! Eu juro!
Eu vi um Presidente da República pagar 100 mil reais a deputados para que estes votassem o PL a favor de sua reeleição.
Eu vi um livro com farta documentação sobre as Privatizações, que narrava que diversos políticos ganharam muito dinheiro em propina das empresas que participaram do processo.
Eu vi um helicóptero de um deputado, com 450 kg de pasta básica de cocaína.
Eu vi. Um governador de estado mandar construir um aeroporto público em terras de um tio seu e a chave do portão ficava na posse deste tio.
Eu vi um ex-governador morrer em um acidente de avião e este avião após um ano não possui um proprietário!
Eu vi diversos políticos de um partido cujo símbolo é uma ave de bico longo estarem envolvidos em corrupção passiva. Receberam propina de empresas fabricantes de trens e metrôs que deveriam estar instalados na cidade de São Paulo.
Eu vi o nome de um Ministro do STF, em uma tal Lista de Furnas, com outros tantos nomes de políticos, associado a altos valores em reais!
Eu vi um Ministro do STF comprar um apartamento de 1 milhão de dólares nos Estados Unidos e receber uma Nota Fiscal no valor de 10 dólares, no nome de sua empresa irregular por estar no endereço funcional de um funcionário público - Ele!
Eu vi o Presidente do Congresso Nacional ser acusado e denunciado por receber propinas na monta de milhões de reais.

Eu só não vi qualquer destes canalhas ser preso... Não. Isso eu não vi!!
Mas gostaria muito de ver....

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Leandro Fortes: A Marcha dos Hipócritas

Leandro Fortes
Jornalista
Primeiro, vamos combinar uma coisa: se você votou em Aécio Neves, nas eleições passadas, você não está preocupado com corrupção.

Você nem liga para isso, admita.

Aécio usou dinheiro público para construir um aeroporto nas terras da família dele e deu a chave do lugar, um patrimônio estadual, para um tio.

Aécio garantiu o repasse de dinheiro público do estado de Minas Gerais, cerca de 1,2 milhão reais, a três rádios e um jornal ligados à família dele.

Isso é corrupção.

Então, você que votou em Aécio, pare com essa hipocrisia de que foi às ruas se manifestar porque não aguenta mais corrupção.

É mentira.

Você foi à rua porque, derrotado nas eleições passadas, viu, outra vez, naufragar o modelo de país que 12 anos de governos do PT viraram de cabeça para baixo.

Você foi para a rua porque, classe média remediada, precisa absorver com volúpia o discurso das classes dominantes e, assim, ser aceito por elas.

Você foi para a rua porque você odeia cotas raciais, e não apenas porque elas modificaram a estrutura de entrada no ensino superior ou no serviço público.

Você odeia as cotas raciais porque elas expõem o seu racismo, esse que você só esconde porque tem medo de ser execrado em público ou nas redes sociais. Ou preso.

Você foi para a rua porque, apesar de viver e comer bem, é um analfabeto político nutrido à base de uma ração de ódio, intolerância e veneno editorial administrada por grupos de comunicação que contam com você para se perpetuar como oligopólios.

Foram eles, esses meios de comunicação, emprenhados de dinheiro público desde sempre, que encheram a sua alma de veneno, que tocaram você como gado para a rua, com direito a banda de música e selfies com atores e atrizes de corpo sarado e cabecinha miúda.

Não tem nada a ver com corrupção. Admita. Você nunca deu a mínima para corrupção.

Você votou em Fernando Collor, no PFL, no DEM, no PP, em Maluf, em deputados fisiológicos, em senadores vis, em governadores idem.

Você votou no PSDB a vida toda, mesmo sabendo que Fernando Henrique comprou a reeleição para, então, vender o patrimônio do país a preço de banana.

Ainda assim, você foi para a rua bradar contra a corrupção.

E, para isso, você nem ligou de estar, ombro a ombro, com dementes que defendem o golpe militar, a homofobia, o racismo, a violência contra crianças e animais.

Você foi para a rua com fascistas, nazistas e sociopatas das mais diversas cepas.

Você se lambuzou com eles porque quis, porque não suporta mais as cotas, as bolsas, a mistura social, os pobres nos aeroportos, os negros nas faculdades, as mulheres de cabeça erguida, os gays como pais naturais.

Você odeia esse mundo laico, plural, multigênero, democraticamente caótico, onde a gente invisível passou a ser vista – e vista como gente.

Você não foi para a rua pedir nada.

Você só foi fingir que odeia a corrupção para esconder o óbvio.

De que você foi para a rua porque, no fundo, você só sabe odiar.

(por Leandro Fortes)

Manifestações ou Blocos do Carnaval Coxinha??

Bloco da Loira Despida

Manifestações são direitos democráticos! A CF assim o diz!! Mas me estranha uma manifestação onde não há apenas uma vertente ideológica. O festival de tendências apresentado no ‪#‎carnacoxinha‬ do domingo passado é assustador. Havia de tudo. Filhote da Ditadura. Intervencionistas, defensores do Eduardo Cunha empunhando cartazes com os dizeres "Ele é corrupto, mas está do nosso lado!", Nazistas, Integralistas, Monarquistas (Sim! Eles existem!), Mulheres tirando a roupa, Agripino "1 milhão de reais" Maia, Aécio "Aeroporto do Titio" Neves, José "Alston, Chevron" Serra, Geraldo "Cantareira" Alckmim, Jair "Bomba na Vila Militar e AMAN" Bolsonaro... Agressões a quem passava vestindo vermelho.... Uma loucura!! São estas pessoas que, ao mesmo tempo, querem derrubar uma Presidenta legalmente e democraticamente eleita por 54 milhões de brasileiros e colocar um destes "blocos na rua"... Mas qual deles?? Qual dos loucos e/ou corruptos??
Na remotíssima hipótese do impeachment eu torço pelo mal menor! Por uma questão até estética... Espero que vença o Bloco da Loira Despida!!

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Relatório sem tarjas do Celular de Marcelo Odebrecht

Descobri que o arquivo em PDF do relatório vazado sobre o conteúdo do celular do Marcelo Odebrecht é editável. Logo, em aproximadamente 30 minutos de trabalho, retirei as tarjas pretas e brancas que serviam para censurar nomes e telefones dos envolvidos. Podem baixar à vontade!


quinta-feira, 30 de julho de 2015

Caio César: Eu Conheço Maria!

Caio César
Historiador e Cientista Político
Eu Conheço Maria! Eu conheço uma senhora. O nome dela é Maria. Mora na Rua, se escondendo da morte. Anda o dia todo, pedindo pão e lixo, ou moedas para depositar nas igrejas, sua fé. De pés descalços com uma roupa de Zé ninguém, perambula a Dantas Barreto,Rua do Imperador, Avenida Guararapes, Rua da Concórdia, o Bairro de São José. Enfim... os calçamentos inversos do Recife. Não sei como Maria consegue sorrir e viver tão feliz se escondendo da morte?! Parece que sua simpatia ganha vida com seu sorriso sem dentes e suas rugas hostis que apressa sua vida a cada segundo. Me aproximei de Maria e com medo de oferecer a ela umas moedas, a vi com lágrimas nos olhos, bem triste. Inquieto... como já a conhecia nos tempos que ela recolhia papelão para vender e sustentar seu pão e sua cachaça, onde eu participava das doações...Parei! E sem saber o que perguntar do porque de seu pranto, também chorei! Sei lá, bateu em mim um sentimento de Maria. E aí ela olhou-me, e fez: ei menino da farmácia, tu tá chorando também? Eu queria mentir, para não deixá-la mais triste, mas não, fui Macho e encarei-me sem medo!!! Respondi: Tô Maria! Ela perguntou porque...e eu disse que por causa dela. Que não era mais a Maria do Papelão... era outra Maria... que fazia das calçadas sua cama e da lama sua cachaça. Mas sem perder mais tempo, a perguntei porque ela chorava, e ela me respondeu: Oiaaaa moço, João levou meu pão, minha cachaça e minhas moedas!!! (choro)... (Mais Choro)... (soluço)... e agora moço da farmácia?!! (choro).. tou com fome, tou com sede e não vou poder dá minhas moedinhas na igreja!!! (Choro)... Perguntei quem era João e ela me respondeu: é aquele ali oiáaaaa... - Já dobrando a Duque de Caxias-. João era um homem que anda o dia todo, pedindo pão e lixo ou moedas para depositar nas igrejas. De pés descalços com uma roupa de Zé Ninguém, perambula as mesmas ruas de Maria e toda vez que a Vê, a toma o que lhe é de Direito, seu sorriso sem dentes e suas rugas hostis. Pois são eles que me fez por um momento Reconhecer a Maria dos Papelões, do pão e cachaça, mas que se perdeu nas ruas do RECIFE. Ruas de tantas Marias e Joãos que foram jogados e esquecidos como se fossem lixos e que a única sobrevivência é se esconder da morte!

Mortadelas: Aula de Organização Política

video
Simples!!

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Sobre bolinhas de papel, helicópteros e tarjas pretas

Primeiro veio a bolinha de papel. Depois o aeroporto em Cláudio/MG. Depois o helicóptero com 450 kg de pasta base de cocaína. E agora o relatório com a tarjas pretas da Polícia Federal. Assim o PSDB se reafirma como o Partido Mais Corrupto do Brasil!
Não estão sabendo?
Pegue o relatório da perícia do celular do Marcelo Odebrecht neste link abaixo. 
Abra-o no Adobe Reader. 
Onde houver uma tarja petra, copie e cole no Word. 
Vai aparecer o que havia por baixo da tarja. Uma das tarjas esconde o que está na imagem acima. Eu mesmo fiz o teste! E confirmam o nome de José Serra (JS - em outra citações) como envolvido na Operação Lava Jato. Ainda há outras siglas que devem ser esclarecidas. Por exemplo, GA! Geraldo Alckmim nega que seja ele. Outra,  RA ao lado da palavra VEJA, sugere ser do Blogueiro da Revista VEJA Reinaldo Azevedo. Mas, claro, ele também nega.
Resta à PF apurar quatro coisas, então. Primeiro, quem da PF vazou o relatório para o Estadão. Depois, quem colocou as tarjas pretas. A Polícia Federal ou o Estadão? Com que intuito? E quem são GA e RA da VEJA!
Se aparecer algum GM, eu garanto, não é de Giovani de Morais!!!

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Gregório Duvivier: Não quer ajudar? Não atrapalha!

Gregório Duvivier - Escritor e Ator

Você é de esquerda, mas não doa pros pobres? Hipócrita. Ah, você doa pros pobres? Populista

É sempre a mesma coisa. Primeiro todo o mundo põe um filtro arco-íris no avatar. Depois vem uma onda de gente criticando quem trocou o avatar. Depois vem a onda criticando quem criticou. Em seguida começam a criticar quem criticou os que criticaram. Nesse momento já começaram as ofensas pessoais e já se esqueceu o porquê de ter trocado o avatar, ou trocado o nome para guarani kayowá, ou abraçado qualquer outra causa.

Toda batalha pode ser ridicularizada. Você é contra a homofobia: essa bandeira é fácil, quero ver levantar bandeira contra a transfobia. Você é contra a transfobia: estatisticamente a transfobia afeta muito pouca gente se comparada ao machismo. Você é contra o machismo: mas a mulher está muito mais incluída na sociedade do que os negros. E por aí vai. Você é de esquerda, mas não doa pros pobres? Hipócrita. Ah, você doa pros pobres? Populista. Culpado. Assistencialista.

Cintia Suzuki resumiu bem: "Você coloca um avatar coloridinho, aí não pode porque tem gente passando fome. Aí o governo faz um programa pras pessoas não passarem mais fome, e aí não pode porque é sustentar vagabundo (...). Moral da história: deixa os outros ajudarem quem bem entenderem, já que você não vai ajudar ninguém".

Todo vegetariano diz que a parte difícil de não comer carne não é não comer carne. Chato mesmo é aguentar a reação dos carnívoros: "De onde você tira a proteína? Você tem pena de bicho? Mas de rúcula você não tem pena? E das pessoas que colhem a rúcula, você não tem pena? E dos peruanos que não podem mais comprar quinoa e estão morrendo de fome?"

O estranho é que, independente da sua orientação em relação à carne, não há quem não concorde que o vegetarianismo seria melhor para o mundo, seja do ponto de vista dos animais, ou do meio ambiente, ou da saúde, ou de tudo junto. O problema é exatamente esse: alguém fazendo alguma coisa lembra a gente de que a gente não está fazendo nada. Quando o vizinho separa o lixo, você se sente mal por não separar. A solução? Xingar o vizinho, esse hipócrita que separa o lixo, mas fuma cigarro. Assim é fácil, vizinho.

Quem não faz nada pra mudar o mundo está sempre muito empenhado em provar que a pessoa que faz alguma coisa está errada --melhor seria se usasse essa energia para tentar mudar, de fato, alguma coisa. Como diria minha avó: não quer ajudar, não atrapalha.

sábado, 4 de julho de 2015

Júlia Dworkin: Carta à Dilma

Julia Dworkin
Carta reproduzida do Facebook de Julia Dworkin

Dilma,
Eu vou falar diretamente com você. Sei que você não vai ler isso aqui, mas eu gostaria de ter uma conversa com você, de mulher pra mulher.
Eu não sou petista. Atualmente, me encontro recém incluída no debate político, mas eu já sei que discordo demais de muitas políticas do PT. Me considero de esquerda e minha oposição em nada se parece com a oposição exercida pela direita conservadora e hipócrita do Brasil. Essa oposição que não gosta de ver pobre comprando carro e empregada doméstica com direitos. Minha oposição se deve à outras coisas, mas não vim falar delas. Só iniciei essa introdução porque essa não será uma conversa sobre política. Será uma conversa sobre você.
Eu lembro quando você se elegeu em 2010. Na época, eu não entendia absolutamente nada de política e nem sequer votei em você. Mas eu lembro do que eu senti quando te vi com a faixa presidencial pela primeira vez. Eu lembro que mesmo eu não sabendo exatamente o que aquilo significava, eu fiquei feliz. Eu fiquei confusa, estranhei bastante, mas ver alguém que poderia ser minha mãe representando o Brasil, fez com que eu me sentisse mais próxima à tudo.
Você começou a fazer parte da minha vida. O fato de você ser mulher fez isso: eu me sinto próxima de você. Quando falo de política e de você, me sinto falando de alguém que eu conheço e convivo. E isso não se deve ao PT e eu não me sentia assim com o Lula ou com nenhum outro político. É estranho, né? Eu não sei explicar. Mas pela primeira vez, eu me interessava quando a figura de representatividade máxima falava na televisão. Eu gosto de te ver. Adoro ver você falar na televisão. Nas últimas eleições, eu adorava ver televisão e ouvir sua voz.
Essa semana te vi na televisão. Você estava abatida e com um semblante triste. Pudera.
Eu nunca vi um presidente do Brasil passar pelo que você passou. Eu sequer imagino o que você está sentindo depois de tantas adversidades, humilhações, escárnios e críticas oportunistas. Nem mesmo o FHC, e eu lembro vagamente de que ele era odiado por todo mundo na época.
Mas eu não vi o tipo de coisa que vejo as pessoas fazendo com você. Eu não vi adesivos desrespeitosos, vaias, charges absolutamente machistas e que ignoram totalmente sua posição nesse país. E eu imagino o que você deve estar passando. Você é uma mulher que representa uma país machista e que está em crise. Eu tenho plena consciência que você sabia o que tava por vir, mas isso não quer dizer que você tenha que aguentar sozinha. Até porque você não está sozinha e suas companheiras estão além da política. Como eu.
Vim aqui te dizer Dilma, que apesar das divergências políticas que tenho com o governo, eu te admiro profundamente. Admiro sua história e sua postura. Admiro sua coragem. E ouvir você falar me emociona, todas as vezes. Quero te dizer que eu sofro e choro com você todas as vezes que te atacam de forma pessoal, cruel e criminosa. Dói em mim. Toda vez que me deparo com esses ataques, sempre penso em como você está se sentindo ao ver aquilo. E penso em todas as vezes que isso já aconteceu comigo e com as mulheres que eu gosto, não em nível nacional, mas ainda assim. Quando vejo os olhares que te lançam e a forma que falam de você, lembro-me de quantas vezes enquanto eu falava, homens me olhavam com aquele mesmo olhar de desprezo. E quantas vezes falaram de mim de forma desrespeitosa e cruel. Lembro da insegurança que sinto quando vou falar em público, lembro de como eu me sinto ao falar em espaços que eu sei que todos acreditam não ser meu. Eu me lembro o quanto é dolorido e difícil. E seu rosto abatido não mente.
Seu rosto abatido da última semana me representa. Representa todas as mulheres atacadas, agredidas, silenciadas e humilhadas nesse país.
Seu rosto da última semana me lembra o quanto mulheres pagam mais caro.
Eu me preocupo com você, irmã. Minha admiração por você está para além do governo ou do momento que estamos vivendo.
Porque apesar de QUALQUER COISA, foi você que ao colocar aquela faixa de presidenta do Brasil disse pra mim que eu PODERIA CHEGAR LÁ. Você disse pra todas as mulheres que aquilo era possível. Que nós existimos. E toda a sua coragem diante dos ataques machistas e desumanos nos diz: Não só existimos. Como RESISTIMOS e SOBREVIVEMOS. Você é parte da nossa história.
E isso nunca NINGUÉM vai te tirar. E eles nunca entenderão o que isso representa pra mim e pra muitas outras mulheres desse país. E nós jamais esqueceremos de você. E também não esqueceremos do que fizeram contigo, do desrespeito e da falta de humanidade. Não vamos esquecer do último dia da mulher, quando um jornal colocou a representante máxima desse país de joelhos em uma charge. Não vamos esquecer isso, pois foi um recado para todas nós.
Você não tá sozinha Presidenta e eu vim te dizer que você deve sempre lembrar quem você é. Nunca abaixe a cabeça. Não deixe que esses dias muito duros te façam esquecer que você é uma sobrevivente, uma mulher, mãe, avó, filha e a primeira mulher que disse pra nós: "um dia pode ser você".
Obrigada.

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Caio César: A história de seu Damião e seu Pe. Cícero dentro da minha história

Caio César
Historiador e Cientista Político
Lembro-me bem, quando fui ao sertão da Paraíba, numa cidadezinha chamada Emas. Pequenina no tamanho, mas de um povo acolhedor e esperançoso. Tiram da fé, a força para poderem sobreviver a cada dia de sol escaldante e a omissão de um gestão política cruel. Muitos ligados ao "Padinho Pe. Cícero", o santo responsável por fazer "inacabar" seus sonhos. Lá não existe homens cientistas, da razão pura, do absoluto conhecimento das coisas. O que lá existe, é a tolerância ao que o esforço e suor de cada dia e o agradecimento a Deus e ao Santo Pe. Cícero, a cada comida posta na mesa, representavam em suas vidas. As representações de Pe. Cícero estavam espalhadas em todas as partes, de todos os jeitos, sejam nas residências, na única agência bancária do local, no único posto de saúde, nas igrejas - digo até mesmos nas evangélicas-, no único dentista, na prefeitura, nas estampas das camisas do povo. Aonde você fosse, à ignorância assim chamada por alguns donos razão, "Padim Cícero" a representava. Ao lado da casa que me abrigou, no período de férias, residia ali uma família daquele sertanejo de Euclides da Cunha, "Antes de tudo um forte", cujo o conhecido como o Pai do Lar, de nome seu Damião, o senhor com uma idade entre 75 e 85 anos, encontrava-se enfermo sobre uma cama. Foi ali, logo após adentrar- me, que meu coração passou a reconhecer a força da fé, através de uma simples imagem de argila, uma simples e "ignorante" representação. Ele olhou-me de longe, reparando que um estranho, invadira seu lar. Com um ar de liderança e de impor a mim e aos meus pés, que aquele lugar era dele e só dele, o fez. Sentir- me assustado. Não apenas por me bater o medo do reconhecimento de Seu Damião a minha pessoa, mas por vê- lo tão perto da invalidade completa, onde à morte, já lhe fazia companhia. Aproximei- dele e ele fortemente agarrou minha mão, e a pôs em cima do santinho Pe. Cícero agarrado ao seu peito, como se minha força e do santo, o ajudasse a viver um pouquinho mais. Minhas lágrimas escorreram em meu rosto e junto escutei bem baixo, quando ele pediu- me para lhe fazer uma prece e sem largar a mão direita do Santo de argila. Notei isto, quando das vezes que amolecia minha mão, para soltar a representação do Santo, ele mais ainda a agarrava com força. A fiz. E com todo jeito e gosto que seu Damião pediu: Sem tirar a mão do Santo, e com a outra fechando-lhes os olhos e depois alisando sua cabeça, para que nossas fés fossem uma só. Assumi esta responsabilidade com tanto gosto, que o Senhor dormiu, como se fosse uma criancinha num colo de uma mãe, mas sem largar o Pe.Cícero, assim como muitas crianças não largam seus bichinhos de pelúcia, ao deitar-se para sonhar. Mas o tirei de seu peito e o coloquei embaixo de seu travesseiro, pois tinha medo de ao virar, machucar-se. Sair de sua casa feliz, pois aprendi com seu Damião e seu santinho de argila, o Pe. Cícero, que no fundo eu nunca fui de fato um homem da razão pura, que afirma que "é só uma representação", mas que dentro de mim, existe um homem que mesmo sem sentido algum, passou a reconhecer que muitas vezes a luta pela sobrevivência, independente da ciência e sim da prática real que a vida oferece. Afinal, o que seria de mim e de seu Damião se eu jogasse fora ou quebrasse o seu santinho Pe. Cícero, antes de fazer a prece? Ignorante ou Tolerante? O que talvez, falte a nós humanos, é apenas reconhecer que de todos os jeitos e modos, somos intolerantes a coisas que não cremos. E que impor aquilo que acreditamos como única verdade é o que nos faz oprimir àquele que sua única ciência, encontra-se em seu coração.

domingo, 7 de junho de 2015

Protesto durante visita do Governador Paulo Câmara a Macaparana

video

A visita do Governador Paulo Câmara à Macaparana não foi marcada só pelos discursos bajuladores, proferidos pelos políticos da “Nova História”; a visita também foi marcada por um protesto. Maria Cristina da Silva, mãe de dois pacientes renais crônicos, (um transplantado e outro fazendo sessões de hemodiálise) indignada com a constante falta de medicamentos (na Farmácia do Estado) para o tratamento dos seus filhos, aproveitou a visita do Governador Paulo Câmara pra protestar contra esta situação. "Compre os remédios dos pacientes transplantados e pacientes da hemodiálise que está faltando”, disparou Cristina, para o Governador. (veja vídeo). O calvário de Cristina não se limita só à falta de medicamentos na Farmácia do Estado; o seu sofrimento continua aqui, em Macaparana. O Complexo B, medicamento imprescindível para quem faz hemodiálise, há muito tempo deixou de ser distribuído pela “Nova História”. “Desde que Paquinha assumiu a Prefeitura, ele só comprou este remédio uma vez”, disse Cristina. Outro problema que aflige os pacientes em tratamento de hemodiálise é o atraso no repasse da ajuda de custo para alimentação, no valor de R$ 16,80 (dezesseis reais e oitenta centavos). Segundo Maria Cristina, o repasse nunca é feito no dia determinado. “Eles (gestores da Secretaria de Saúde de Macaparana) só dão o dinheiro com 15 ou vinte dias de atraso”, disse ela. Aqueles que criticaram Cristina, que se ponham no lugar dela!

Engolido da Página Ogrito Dopovo no Facebook

segunda-feira, 1 de junho de 2015

A Educação de Pernambuco pede esmola


Foto tirada na Escola Politécnica de Pernambuco - UPE - e por mim invertida digitalmente para facilitar a leitura...

PRECISAMOS AJUDAR O GOVERNO DE PERNAMBUCO
NÃO TEMOS TINTA PARA ESCREVER O CONTEÚDO DA AULA NO QUADRO
CONTRIBUA COM A EDUCAÇÃO
QUALQUER MOEDINHA SERVE

A que ponto chegamos, Sr, Paulo Câmara??? Mas esperar o quê de um Governo que aplica 24 milhões por ano na UPE e 33 milhões em 5 dias de Carnaval???

E ainda faltam 3,5 anos pela frente!!!


quinta-feira, 21 de maio de 2015

Documentos Oficiais Comprovam a Implantação do Plano de Contingência do Governo Paulo Câmara







No Facebook, o Governo do Estado soltou uma nota chamando de boataria a notícia sobre o Plano de Contingência, dando a impressão que as críticas são infundadas... Entretanto, são críticas vindas dos Funcionários e dos Corpos Docente e Discente da UPE! 
São críticas e observações de pessoas que vivem, como eu, o dia-a-dia da UPE. Sobretudo, da Escola Politécnica de Pernambuco. Que está sendo dilapidada... Sucateada pela total falta de recursos, associada a má gestão destes parcos recursos e pela incapacidade de gerar renda através de seus laboratórios de pesquisa e empresa de consultorias a ela associadas!

Com a palavra o Governo Paulo Câmara!

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Paulo Câmara e as Lições de Geraldo Alckimim

Paulo Câmara - Estagiário

Falta papel higiênico e pautado na POLI.
Falta assinar os Contratos e pagar os Professores "Terceirizados".
Há um Plano de Contingência funcionando onde os aparelhos de ar-condicionado são ligados às 10 hs da manhã e desligados às 20 hs!
Falta gaze, esparadrapo e soro no Hospital Universitário Osvaldo Cruz!!!

E Paulo Câmara - O Estagiário - igualzinho ao Governador Tucano Geraldo Alckimim, que nega haver uma greve dos professores estaduais de São Paulo, nega haver atrasos de pagamentoe redução de repasses a UPE....

Vergonha!!!

sábado, 16 de maio de 2015

Universidade de Pernambuco: O que está ruim, pode piorar!

O que está ruim, pode piorar! A gratuidade da UPE foi consequência de um decreto do então Governador Eduardo Campos. Logo, pode ser anulada por outro decreto. Basta o Estagiário de Governador Paulo Câmara meter a caneta para cima!! O que seria o fundo do poço e o retorno ao começo de uma luta de anos dos diversos DAs e DCEs da antiga FESP - Fundação de Ensino Superior de Pernambuco! Mas pode piorar mais ainda!!! Muito mais!!! O Sr. Paulo Câmara pode, com uma canetada, privatizar a UPE... E aí, o caos se fará!!
Somos POLI. Somos fortes!!

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Assembleia Geral da UPE: Paralisação de Advertência

Reunião Geral do DCE/SINDUPE/ADUPE

Na manhã desta quarta-feira (13), ocorreu a Assembleia Geral da UPE, convocada pelo Fórum de Entidades da UPE (SINDUPE, ADUPE e DCE) contou com cerca de 500 pessoas. A Assembleia foi convocada com o intuito de debater e discutir a atual situação da Universidade de Pernambuco junto com os estudantes, servidores e docentes da instituição. O ponto principal é o corte financeiro de quase 50% da UPE realizado pelo Estado de Pernambuco neste ano, devido a isso as unidades da Universidade estão entrando em verdadeiro colapso, sem estrutura para seu devido funcionamento. O DCE UPE compreende que não podemos deixar regredir todos os avanços ocorrido nos últimos 8 anos na única universidade pública estadual. Queremos a UPE receba o devido valor do Governo do Estado, pois somos a instituição que pensa o Estado e o desenvolvemos. Por tudo isso, ficou deliberado hoje, em Assembleia, a realização de uma PARALISAÇÃO DE ADVERTÊNCIA no dia 20 de MAIO, com concentração no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC) e caminhada até o Palácio das Princesas. A mobilização foi aprovada pelos 3 segmentos (servidores, professores e estudantes) presentes, após discussão da pauta com seis pontos que serão reivindicados na paralisação: Concurso público, reestruturação das carreiras, Política de Assistência estudantil, infraestrutura, autonomia financeira da UPE e o fim do corte de verbas da Universidade. O Fórum também deliberou realizar uma Assembleia Geral no dia 21 de maio, as 10hrs, com local a ser definido, para avaliar o movimento.

Da Página do DCE da UPE no Facebook:

UPCP - União dos Professores Contratados da POLI: Greve!


São 28 professores. Alguns lecionando mais que uma disciplina!! POLI em caos!!! Alunado todo a favor da greve em solidariedade aos professores "conversados", afinal, não há nenhum contrato assinado!
A Educação de Pernambuco vem sendo dilapidada há muitos anos. E agora, com as (con)Gestões dos pombinhos socialistas, PC de Dudu e GeJu, foi ao fundo do poço!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil quanto ela mesma."
(Joseph Pulitzer)