Cachete - S. M. Antigamente, no Nordeste do Brasil, era assim que se chamava qualquer comprimido para dor.

quinta-feira, 31 de março de 2011

Preconceito - Por Quanto Tempo, Ainda???






O que me espanta é a idade e a profissão dele!!!

Após o jogo entre o Santa Cruz e São Paulo, o jovem jornalista Allan postou no Twitter estas belas pérolas preconceituosas. Claro, entrei pesado contra ele! Quando percebeu a bobagem que tinha dito, passou a dizer que eu estava vendo coisas demais, que metade da família dele era pernambucana, que diria a mesma coisa se fosse outro estado do Brasil... Allan, é uma pena que um jovem como você, jornalista e formador de opinião tenha posições como esta. Acredito até que a bobagem foi dita no calor do jogo - no qual seu time perdeu - mas não justifica o preconceito. Chamar o Estado de Pernambuco de província simplemente por que a torcida gritava "Ah, é Pernambuco!" é preconceito, sim! Nós amamos nosso estado e temos orgulho de gritar seu nome para os quatro ventos! Pergunte aos seus parentes o que é ser pernambucano! E talvez você passe a ter um pouquinho de amor pelo seu estado, que é um belo estado, e que acolheu com carinho milhares de pessoas de nossa querida região Nordeste, mas que, infelizmente, ainda abriga pessoas preconceituosas - minoria graças a Deus! - como você!

2 comentários:

Tiago Azevedo de Aguiar disse...

Por favor, leia o texto e veja o vídeo até o fim. Se Achar interessante, me ajude a divulgar. Acho relevante o assunto. Saudações fraternas: Heroísmo. Este post é sobre heroísmo. Leia até o seu fim, veja os 3 vídeos! O homem de ferro e de Flor http://tiagoaaguiar.blogspot.com/2011/03/o-homem-de-ferro-e-de-flor.html?spref=tw #DesarquivandoBr

Giovani de Morais e Silva disse...

Publicado, Tiago! Bela matéria! Abraço!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil quanto ela mesma."
(Joseph Pulitzer)