Cachete - S. M. Antigamente, no Nordeste do Brasil, era assim que se chamava qualquer comprimido para dor.

sábado, 31 de julho de 2010

Enquanto Isso na Sede da BP...



(*) Hallingburton é uma Empresa Exploradora de Petróleo ligada ao Grupo Arbusto do Clã George W. Bush.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Isto é Fernando Collor!!!

Elle

ISTOÉ Online
30.Jul - 11:07

Collor ameaça jornalista da ISTOÉ

O senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL), candidato ao Governo do Alagoas ameaçou agredir fisicamente o jornalista Hugo Marques, da sucursal de Brasília da revista ISTOÉ. O episódio aconteceu na tarde dessa quinta-feira (29). “Quando eu lhe encontrar, vai ser para enfiar a mão na sua cara” gritou o parlamentar, proferindo palavrões em seguida. A conversa foi gravada em áudio.

Clique no player para ouvir a conversa entre o senador Fernando Collor e o repórter de ISTOÉ Hugo Marques:




Opinião dO Cachete:
Não sabemos em que condições foi feita a gravação. Se alguém me chamasse de idiota, cabra safado (uma das piores agressões aqui no nordeste) ou corno (outra agressão forte para um nordestino) talvez eu o chama-se de FDP, também. Mas eu não sou Senador da República! O Fernando está precisando continuar o tratamento psiquiátrico dele... Calma, Cocada... Quero dizer, Collor!

JC - Uma Sucursal Serro-Jarbista II

JC - Um Puleiro Serro-Jarbista Demotucanalha

Mais uma Pérola da Cheerleader Serro-Jarbista Ana Lúcia Andrade:
Da Coluna Pinga Fogo do JC

Haja ansiedade no palanque de Eduardo...
Os governistas das cercanias do palanque da reeleição de Eduardo Campos andam manifestando muita ansiedade para saber sobre o ânimo de Jarbas para a disputa.

...A resposta pode não agradar!
Mas as dificuldades, ainda maiores com o início da campanha, só têm revelado a máxima de que “Jarbas cresce na adversidade”. Tá dando um gás que surpreende quem assiste.

Comentário dO Cachete:
Eduardo Campos, segundo pesquisa Vox Populi, está com 61% das intenções de voto no Estado de Pernambuco. Qual o motivo da "ansiedade" citada pela cheerleader? Pirou?
O que se fala nos bastidores é que já existe uma movimentação do "Fantasma do Metrô de Ghost" no sentido de renunciar (desistir é uma palavra muito pesada) à disputa.

Dona Ana Lúcia, dá para liberar um pouco desse negócio que a senhora cheirou... Ou fumou? Isso é forte demais e não pode chegar ao mercado! Nossos filhos não merecem! Acorda, mulher!!!!

Aécio e Anastasia Escondem Serra

O Vampiro Solitário e o Índio Tonto

Aécio e Anastasia escondem Serra em material de campanha

RODRIGO VIZEU
DE BELO HORIZONTE
Para a Folha de São Paulo

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, tem aparecido de forma tímida no material de campanha do ex-governador Aécio Neves e do governador Antonio Anastasia, seus aliados tucanos em Minas Gerais.

A reportagem pediu cartazes, adesivos e santinhos em quatro comitês da campanha de Anastasia em Belo Horizonte. Em três deles, nada existia com a foto de Serra.

No último deles, só após pedido específico de algo com o candidato presidencial, foram entregues adesivos com o rosto de Serra --acompanhado apenas dos nomes dos tucanos mineiros.

Além do "Serra solitário", único material obtido com a imagem do candidato, foram pegos outros dez modelos diferentes da campanha de Anastasia. Apenas cinco deles tinham Serra, mas só o nome dele nos cantos e em tamanho reduzido.

Os materiais mais populares nas ruas de BH são os adesivos só com Anastasia, candidato à reeleição, ou dele acompanhado apenas de Aécio e Itamar Franco (PPS), candidatos ao Senado.

DILMA

A situação contrasta com a farta exposição de Dilma Rousseff (PT) no material de campanha de Hélio Costa (PMDB) ao governo mineiro.

No comitê do peemedebista, a reportagem obteve seis tipos de impressos, todos com referências a Dilma _quatro deles com a imagem da petista acompanhada de seus aliados mineiros. Há ainda distribuição de material produzido pela campanha nacional do PT.

Anteontem, em visita a BH, Serra disse não considerar "grave" sua menor exposição. "É uma coisa que se corrige com enorme facilidade", disse. Ele disse ver "pleno empenho" de Aécio em sua campanha presidencial.

A campanha de Aécio e Anastasia informou que produz até 20% do material sem Serra para atender aos partidos da coligação que não apoiam o tucano para presidente, como PR, PDT e PSB.

Comentário dO Cachete:
Não é a toa que O Cachete vem há muito tempo chamando a dupla da oposição de Vampiro Solitário e o Índio Tonto... Serra, cada dia mais solitário... Índio, cada dia mais tonto!

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Uma Sugestão!

Os Três Patetas
Sabe-se que recentemente o Dublê de Jornalista - O Menino de Vó - Diogo Mainard pegou seus "panos de bunda" e saiu do País. Segundo as boas línguas, para não ser preso pelas bobagens que andou falando e fazendo contra um monte de gente.
Fica minha sugestão para os Srs. Reinaldo Azevedo e Augusto Nunes... Sigam este caminho... Sei que na internet vocês podem escrever de qualquer parte do planeta e até de fora dele... Mas o ar aqui no Brasil ficaria bem mais respirável...

Augustinho... Ainda estou esperando o Dossiê prometido... Babaca!

O Cachete Está Mudando

Estamos ficando chics!

O Cachete - O Remédio para Crise de Coluna - está migrando para um domínio mais compacto. Em breve estaremos no endereço www.ocachete.com. Quem acessar pelo antigo endereço, será redirecionado para o novo sem problemas. Nesta etapa de migração, algumas instabilidades podem ocorrer. No momento, meu seguidores sumiram do Quadro Cacheteiros. Vou tentar nova configuração e vamos em frente. Abraço a todos!

Giovani de Morais e Silva

O Prefeito João da Costa e o DATAFALHA

Pesquisa Datafolha aponta João da Costa com apenas 30% de avaliação positiva no Recife
Publicado em 28.07.2010, às 16h56
Do JC Online


O João da Costa pós João Paulo está deixando a desejar...

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha fez um levantamento da taxa de aprovação dos prefeitos de Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Salvador, Porto Alegre e Curitiba. Divulgado nesta terça-feira (27), o estudo aponta João da Costa (PT-PE) na vice-lanterna. O prefeito mais bem avaliado foi Luciano Ducci (PSB), de Curitiba, que teve 50% de aprovação e 5% de reprovação.

O prefeito do Recife recebeu uma avaliação positiva de 30%. Outros 37% dos entrevistados avaliam o governo municipal como regular, e 31% classificam a gestão como ruim ou péssima. Com uma nota média de 5,3, a taxa de aprovação de João da Costa se mantém estável em relação a levantamentos anteriores, realizados em março e dezembro de 2009.

O pior prefeito foi encontrado em Salvador. João Henrique Carneiro (PMDB) teve 39% de reprovação e apenas 20% de aprovação. A pesquisa Datafolha ouviu 415 eleitores, e tem uma margem de erro de cinco pontos percentuais. Os levantamentos foram encomendados pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo".

Opinião dO Cachete:
Nós sabemos que o Prefeito João da Costa (PT-PE) não é lá esse poço de trabalho e simpatia. Acredito que sua avaliação positiva não deve estar lá essas coisas todas, mas uma coisa tem que ser dita sobre a matéria acima. Quando cita João Henrique Carneiro como o pior avaliado. Uma margem de erro de 5% é brincadeira!!!! Alô, DATAFALHA, tem hora que é melhor calar a boca a falar besteira!

terça-feira, 27 de julho de 2010

Uma Típica Pesquisa do DATAFALHA

Haja furo!

Quer saber por que? Clique aqui e aqui!
E ainda tem quem leve o DATAFALHA a sério...

Se Você Fosse Jarbas Vasconcelos...

Triste é viver na solidão...

Qual seria a sua reação ao receber a notícia abaixo?

Vox Populi: Campos venceria no primeiro turno em PE com 61%

O pré-candidato do PSB ao governo de Pernambuco, Eduardo Campos, tem 61% das intenções de voto no Estado e seria eleito no primeiro turno se as eleições fossem hoje. Em segundo, Jarbas Vasconcelos (PMDB) tem 25%, segundo pesquisa Vox Populi divulgada neste sábado (24) pelo Jornal da Band.

Segundo o levantamento, os votos brancos e nulos somam 4% e os que não souberam ou não opinaram, 9%. A margem de erro é de 1,8 pontos percentuais para mais ou para menos.

Encomendada pela Rede Bandeirantes , a pesquisa foi realizada entre os dias 17 e 20 de julho, com 800 entrevistados em todo Estado, e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 17 de julho de 2010, sob o número 19.925/10.

Engolido do Portal Terra

Opinião dO Cachete:
O Cachete continua sem acreditar em pesquisas, mas acha ótimo que a PPSDEMOTUCANALHA JARBISTA acredite e fique triste com seus resultados. Confirmando, a notícia acima será uma bela vingança de Arraes depois de seu nome ter sido achincalhado pela boca do "Fantasma do Metrô de Ghost"! ARRAES VIVE!

DATAFALHA - Fazendo Jus ao Nome - A Polêmica


Quem está certo, DATAFALHA?

Em um post anterior, sobre o percentual de mais de 100% no somatório das intenções de votos para Senador em Minas Gerais, recebi alguns e-mails (um deles até meio agressivo - me chamou de energúmeno), me informando que o motivo do somatório acima de 100% é o fato de haver duas vagas. Entendo! Mas o que eu não concordo é como os dados colhidos são apresentados. Não mostram muita coisa para o eleitor. Imaginem uma apresentação de dados assim:


Amostra 1 Amostra 2 % Amostra
Candidato A 1
50%
Candidato B
1 50%
Candidato C 1 1 100%


Candidato A com 50%; Candidato B com 50% e Candidato C com 100%? É, no mínimo, ridícula. Somatório de 200%!!!! O que isso nos diz??? O que isso diz à dona de casa que sabe que seu orçamento de casa não pode chegar a 100% do seu salário? O que isso diz ao trabalhador que pede um aumento de 10% no seu salário? Nada!

Acredito que a apresentação de dados desta forma:


Amostra 1 Amostra 2 % Votos
Candidato A 1
25%
Candidato B
1 25%
Candidato C 1 1 50%

Candidato A com 25%; Candidato B com 25% e Candidato C com 50%? É muito mais esclarecedora... Ou estou falando bobagem ? (Incorporei o Datena!) Peço aos Profissionais de Estatística que me lêem que me corrijam, se eu estiver errado. Voltarei atrás, declararei que errei e pedirei desculpas. Se não, um abraço! E quanto aos demais, podem discordar - eu respeito, mas esta é minha opinião!

Por Que o Paulista Ainda Vota no PSDB?

Pesquisa Vox Populi divulgada nesta segunda-feira mostra que o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) lidera a disputa pelo governo de São Paulo com 29 pontos percentuais de vantagem sobre o senador Aloizio Mercadante (PT). Se a eleição fosse hoje o tucano seria eleito no primeiro turno.

Segundo a pesquisa, feita a pedido da TV Bandeirantes e iG, Alckmin tem 47%, Mercadante 18% e Celso Russomanno (PP) 8%. Paulo Skaf (PSB), Fabio Feldmann (PV) e Paulo Búfalo (PSOL) têm 1%. Mancha (PSTU) e Anaí Caproni (PCO) não pontuaram. Os votos brancos e nulos somam 9%. Os indecisos são 15%.

Engolido da Folha de São Paulo

Comentário dO Cachete:
Enchentes, violência, engarrafamentos imensos, má administração financeira, obras que desabam... E o paulista continua votando no PSDB. Não acredito que a elite branca paulista seja 47% do eleitorado. Começo acreditar que trata-se de um caso crônico de sadomasoquismo pluriclassista. Ou alguma tendência fundamentalista religiosa que admite autoflagelação por algum pecado ancestral. Só sei que é incompreensível, inadmissível e impressionante.


Cenas de Eleitores Paulistas durante a eleição de 2006
Elegeram Serra Governador

segunda-feira, 26 de julho de 2010

DATAFALHA - Fazendo Jus ao Nome

E Agora, DATAFOLHA?

Soma de preferência em pesquisa para Senado em Minas dá 144%


Temos que admitir que o poder do governo de Minas perante a mídia nacional e local é realmente gigantesco.

Pior ainda é o pânico dos jornalistas com as inevitáveis retaliações e demissões ocorridas depois de contrariado os interesses destes “eleitos”.

Por mais que noticiássemos, existiam aqueles que afirmavam: “O Novojornal é imparcial e contra o governo”.

Ao divulgar o resultado da primeira pesquisa eleitoral para o cargo de senador por Minas Gerais, a “Folha de S. Paulo” apresentou o seguinte resultado: Fernando Pimentel (PT) tem 23% e está em terceiro lugar, atrás do ex-governador tucano Aécio Neves (62%) e de Itamar (41%). Só a soma das preferências relativas a estes candidatos totalizam mais que 100%.

“Certamente que o Datafolha deve ter uma explicação para isto”. (sic)

Engolido do Site Novo Jornal

Opinião dO Cachete:
Alguém, em sã consciência, ainda acredita no Datafolha?

Dez Falsos Motivos Para Não Votar em Dilma Roussef

Dilma Vana Roussef

por Jorge Furtado em 25 de julho de 2010

Tenho alguns amigos que não pretendem votar na Dilma, um ou outro até diz que vai votar no Serra. Espero que sigam sendo meus amigos. Política, como ensina André Comte-Sponville, supõe conflitos: “A política nos reúne nos opondo: ela nos opõe sobre a melhor maneira de nos reunir”.

Leio diariamente o noticiário político e ainda não encontrei bons argumentos para votar no Serra, uma candidatura que cada vez mais assume seu caráter conservador. Serra representa o grupo político que governou o Brasil antes do Lula, com desempenho, sob qualquer critério, muito inferior ao do governo petista, a comparação chega a ser enfadonha, vai lá para o pé da página, quem quiser que leia. (1)

Ouvi alguns argumentos razoáveis para votar em Marina, como incluir a sustentabilidade na agenda do desenvolvimento. Marina foi ministra do Lula por sete anos e parece ser uma boa pessoa, uma batalhadora das causas ambientalistas. Tem, no entanto (na minha opinião) o inconveniente de fazer parte de uma igreja bastante rígida, o que me faz temer sobre a capacidade que teria um eventual governo comandado por ela de avançar em questões fundamentais como os direitos dos homossexuais, a descriminalização do aborto ou as pesquisas envolvendo as células tronco.

Ouço e leio alguns argumentos para não votar em Dilma, argumentos que me parecem inconsistentes, distorcidos, precários ou simplesmente falsos. Passo a analisar os dez mais freqüentes.

1. “Alternância no poder é bom”.

Falso. O sentido da democracia não é a alternância no poder e sim a escolha, pela maioria, da melhor proposta de governo, levando-se em conta o conhecimento que o eleitor tem dos candidatos e seus grupo políticos, o que dizem pretender fazer e, principalmente, o que fizeram quando exerceram o poder. Ninguém pode defender seriamente a idéia de que seria boa a alternância entre a recessão e o desenvolvimento, entre o desemprego e a geração de empregos, entre o arrocho salarial e o aumento do poder aquisitivo da população, entre a distribuição e a concentração da riqueza. Se a alternância no poder fosse um valor em si não precisaria haver eleição e muito menos deveria haver a possibilidade de reeleição.

2. “Não há mais diferença entre direita e esquerda”.

Falso. Esquerda e direita são posições relativas, não absolutas. A esquerda é, desde a sua origem, a posição política que tem por objetivo a diminuição das desigualdades sociais, a distribuição da riqueza, a inserção social dos desfavorecidos. As conquistas necessárias para se atingir estes objetivos mudam com o tempo. Hoje, ser de esquerda significa defender o fortalecimento do estado como garantidor do bem-estar social, regulador do mercado, promotor do desenvolvimento e da distribuição de riqueza, tudo isso numa sociedade democrática com plena liberdade de expressão e ampla defesa das minorias. O complexo (e confuso) sistema político brasileiro exige que os vários partidos se reúnam em coligações que lhes garantam maioria parlamentar, sem a qual o país se torna ingovernável. A candidatura de Dilma tem o apoio de políticos que jamais poderiam ser chamados de “esquerdistas”, como Sarney, Collor ou Renan Calheiros, lideranças regionais que se abrigam principalmente no PMDB, partido de espectro ideológico muito amplo. José Serra tem o apoio majoritário da direita e da extrema-direita reunida no DEM (2), da “direita” do PMDB, além do PTB, PPS e outros pequenos partidos de direita: Roberto Jefferson, Jorge Borhausen, ACM Netto, Orestes Quércia, Heráclito Fortes, Roberto Freire, Demóstenes Torres, Álvaro Dias, Arthur Virgílio, Agripino Maia, Joaquim Roriz, Marconi Pirilo, Ronaldo Caiado, Katia Abreu, André Pucinelli, são todos de direita e todos serristas, isso para não falar no folclórico Índio da Costa, vice de Serra. Comparado com Agripino Maia ou Jorge Borhausen, José Sarney é Che Guevara.

3. “Dilma não é simpática”.

Argumento precário e totalmente subjetivo. Precário porque a simpatia não é, ou não deveria ser, um atributo fundamental para o bom governante. Subjetivo, porque o quesito “simpatia” depende totalmente do gosto do freguês. Na minha opinião, por exemplo, é difícil encontrar alguém na vida pública que seja mais antipático que José Serra, embora ele talvez tenha sido um bom governante de seu estado. Sua arrogância com quem lhe faz críticas, seu destempero e prepotência com jornalistas, especialmente com as mulheres, chega a ser revoltante.

4. “Dilma não tem experiência”.

Argumento inconsistente. Dilma foi secretária de estado, foi ministra de Minas e Energia e da Casa Civil, fez parte do conselho da Petrobras, gerenciou com eficiência os gigantescos investimentos do PAC, dos programas de habitação popular e eletrificação rural. Dilma tem muito mais experiência administrativa, por exemplo, do que tinha o Lula, que só tinha sido parlamentar, nunca tinha administrado um orçamento, e está fazendo um bom governo.

5. “Dilma foi terrorista”.

Argumento em parte falso, em parte distorcido. Falso, porque não há qualquer prova de que Dilma tenha tomado parte de ações “terroristas”. Distorcido, porque é fato que Dilma fez parte de grupos de resistência à ditadura militar, do que deve se orgulhar, e que este grupo praticou ações armadas, o que pode (ou não) ser condenável. José Serra também fez parte de um grupo de resistência à ditadura, a AP (Ação Popular), que também praticou ações armadas, das quais Serra não tomou parte. Muitos jovens que participaram de grupos de resistência à ditadura hoje participam da vida democrática como candidatos. Alguns, como Fernando Gabeira, participaram ativamente de seqüestros, assaltos a banco e ações armadas. A luta daqueles jovens, mesmo que por meios discutíveis, ajudou a restabelecer a democracia no país e deveria ser motivo de orgulho, não de vergonha.

6. “As coisas boas do governo petista começaram no governo tucano”.

Falso. Todo governo herda políticas e programas do governo anterior, políticas que pode manter, transformar, ampliar, reduzir ou encerrar. O governo FHC herdou do governo Itamar o real, o programa dos genéricos, o FAT, o programa de combate a AIDS. Teve o mérito de manter e aperfeiçoá-los, desenvolvê-los, ampliá-los. O governo Lula herdou do governo FHC, por exemplo, vários programas de assistência social. Teve o mérito de unificá-los e ampliá-los, criando o Bolsa Família. De qualquer maneira, os resultados do governo Lula são tão superiores aos do governo FHC que o debate “quem começou o quê” torna-se irrelevante.

7. “Serra vai moralizar a política”.

Argumento inconsistente. Nos oito anos de governo tucano-pefelista - no qual José Serra ocupou papel de destaque, sendo escolhido para suceder FHC - foram inúmeros os casos de corrupção, um deles no próprio Ministério da Saúde, comandado por Serra, o superfaturamento de ambulâncias investigado pela “Operação Sanguessuga”. Se considerarmos o volume de dinheiro público desviado para destinos nebulosos e paraísos fiscais nas privatizações e o auxílio luxuoso aos banqueiros falidos, o governo tucano talvez tenha sido o mais corrupto da história do país. Ao contrário do que aconteceu no governo Lula, a corrupção no governo FHC não foi investigada por nenhuma CPI, todas sepultadas pela maioria parlamentar da coligação PSDB-PFL. O procurador da república ficou conhecido com “engavetador da república”, tal a quantidade de investigações criminais que morreram em suas mãos. O esquema de financiamento eleitoral batizado de “mensalão” foi criado pelo presidente nacional do PSDB, senador Eduardo Azeredo, hoje réu em processo criminal. O governador José Roberto Arruda, do DEM, era o principal candidato ao posto de vice-presidente na chapa de Serra, até ser preso por corrupção no “mensalão do DEM”. Roberto Jefferson, réu confesso do mensalão petista, hoje apóia José Serra. Todos estes fatos, incontestáveis, não indicam que um eventual governo Serra poderia ser mais eficiente no combate à corrupção do que seria um governo Dilma, ao contrário.

8. “O PT apóia as FARC”.

Argumento falso. É fato que, no passado, as FARC ensaiaram uma tentativa de institucionalização e buscaram aproximação com o PT, então na oposição, e também com o governo brasileiro, através de contatos com o líder do governo tucano, Arthur Virgílio. Estes contatos foram rompidos com a radicalização da guerrilha na Colômbia e nunca foram retomados, a não ser nos delírios da imprensa de extrema-direita. A relação entre o governo brasileiro e os governos estabelecidos de vários países deve estar acima de divergências ideológicas, num princípio básico da diplomacia, o da auto-determinação dos povos. Não há notícias, por exemplo, de capitalistas brasileiros que defendam o rompimento das relações com a China, um dos nossos maiores parceiros comerciais, por se tratar de uma ditadura. Ou alguém acha que a China é um país democrático?

9. “O PT censura a imprensa”.

Argumento falso. Em seus oito anos de governo o presidente Lula enfrentou a oposição feroz e constante dos principais veículos da antiga imprensa. Esta oposição foi explicitada pela presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ) que declarou que seus filiados assumiram “a posição oposicionista (sic) deste país”. Não há registro de um único caso de censura à imprensa por parte do governo Lula. O que há, frequentemente, é a queixa dos órgãos de imprensa sobre tentativas da sociedade e do governo, a exemplo do que acontece em todos os países democráticos do mundo, de regulamentar a atividade da mídia.


10. “Os jornais, a televisão e as revistas falam muito mal da Dilma e muito bem do Serra”.

Isso é verdade. E mais um bom motivo para votar nela e não nele.


(1) Alguns dados comparativos dos governos FHC e Lula.

Geração de empregos:
FHC/Serra = 780 mil x Lula/Dilma = 12 milhões

Salário mínimo:
FHC/Serra = 64 dólares x Lula/Dilma = 290 dólares

Mobilidade social (brasileiros que deixaram a linha da pobreza):
FHC/Serra = 2 milhões x Lula/Dilma = 27 milhões

Risco Brasil:
FHC/Serra = 2.700 pontos x Lula/Dilma = 200 pontos

Dólar:
FHC/Serra = R$ 3,00 x Lula/Dilma = R$ 1,78

Reservas cambiais:
FHC/Serra = 185 bilhões de dólares negativos x Lula/Dilma = 239 bilhões de dólares positivos.

Relação crédito/PIB:
FHC/Serra = 14% x Lula/Dilma = 34%

Produção de automóveis:
FHC/Serra = queda de 20% x Lula/Dilma = aumento de 30%

Taxa de juros:
FHC/Serra = 27% x Lula/Dilma = 10,75%

(2) Elio Gaspari, na Folha de S.Paulo de 25.07.10:

José Serra começou sua campanha dizendo: "Não aceito o raciocínio do nós contra eles", e em apenas dois meses viu-se lançado pelo seu colega de chapa numa discussão em torno das ligações do PT com as Farc e o narcotráfico. Caso típico de rabo que abanou o cachorro. O destempero de Indio da Costa tem método. Se Tupã ajudar Serra a vencer a eleição, o DEM volta ao poder. Se prejudicar, ajudando Dilma Rousseff, o PSDB sairá da campanha com a identidade estilhaçada. Já o DEM, que entrou na disputa com o cocar do seu mensalão, sairá brandindo o tacape do conservadorismo feroz que renasceu em diversos países, sobretudo nos Estados Unidos.

domingo, 25 de julho de 2010

Barrichello e Massa - Duas Vítimas do Jeito Ferrari de Ganhar


Felipe Massa cedeu a vitória sem nenhuma pressão!

Hoje Felipe Massa foi convidado a ceder a vitória ao Piloto Fernando Alonso. E o Massa cedeu. Entretanto, não houve aquele festival de impropérios e gozações que cairam sobre a cabeça de Rubens Barrichello quando fato semelhante aconteceu com o Michaell Schumacher. Fato semelhante só no ato da ultrapassagem. O que o Site Lancenet publicou não mostra tanta cordialidade como aconteceu com o Massa, inclusive com um "Obrigado!" no final da mensagem...

Segue abaixo o link do SUPOSTO diálogo com Barrichelo revoltado e suposta ameaça à mãe dele.

http://msn.lancenet.com.br/esportes/AUTOMO...com-barrichello

Confira o susposto diálogo com Barrichello

LANCEPRESS!

Legenda:

VOZ 1 - Jean Todt, então chefe de equipe da Ferrari
VOZ 2 - Rubens Barrichello, piloto da Ferrari
KS - Karl Scheister , o procurador-chefe da Ferrari
VOZ 4 - Idely, mãe de Barrichello

Início da conversa:

VOZ 1: Rubens, você está pilotando muito bem, otimamente, continue com o bom trabalho. Faltam 5 voltas, agora

VOZ 2: Obrigado, Jean. O carro está excelente, realmente muito bom hoje. Eu nem sei como agradecer a vocês. Diga a minha mãe que eu vou dar-lhe o melhor Dia das Mães da sua vida.

VOZ 1: É bom ouvir isso, Rubens. Ela está adorando assistir à corrida conosco. Eu irei passar para ela. Ela está muito orgulhosa! Ouça, você se importaria de desacelerar um pouco e deixar Michael ganhar?

VOZ 2: Obrigado por dizer a ela, Jean. Ela ficará tão feliz. Vocês são os melhores, simplesmente os melhores! [estática, intelegível]

VOZ 1: Ah, nós também te admiramos, Rubens. Você tem sido de grande ajuda para a equipe. Michael também acha. Faltam 4 voltas agora. Ah, a distância de Michael ainda é de 3 segundos.

VOZ 2: Tá bom

VOZ 1: Ah, Rubens, acabamos de falar com Michael novamente. Ele diz que a distância ainda é de 3 segundos.

VOZ 2: Que ótimo! Nós teremos 1º e 2º! Obrigado, meu Deus! Incrível! [sons de choro ouvidos pelo rádio]

VOZ 1: Tá bem, Rubens, faltam só 3 voltas agora. Nós precisamos fazer um ajuste na tática, garotão.

VOZ 2: [ainda chorando] Claro Jean! O que você disser! Como está o meu combustível?

VOZ 1: Não se preocupe, o combustível é suficiente. Ouça, só uma pequena mudança na tática. Nós queremos que Michael ganhe.

VOZ 2: (risos) Não me façam rir, gente, eu quase errei a freada na curva Lauda. Obrigado por quebrar a tensão. Eu aprecio isso. Vocês são os maiores!

VOZ 1: Ah, Rubens. Eu não estou brincando.

VOZ 2: [estática, intelegível]

VOZ 1: Você me entende, Rubens?

VOZ 2: [mais estática, intelegível]

VOZ 1: Rubens, a gente já passou por essa rotina antes. Não vamos passar por isso novamente.

VOZ 2: Sim, entendido. Eu achei que você tivesse me dito para me curvar e assumir a traseira de Michael de novo, seu sapo francês magrelo.

VOZ 1: Rubens, agora não seja assim. Faltam 2 voltas agora, ele está bonito.

VOZ 2: Não é justo! Ele já ganhou um zilhão de vezes, e eu só uma vez, e só porque vocês pagaram a Mercedes para usar aquela placa idiota e correr pela pista depois que o garoto Mickey se ferrou.

VOZ 1: Rubens, não tenho idéia do que você está falando. Eu tenho alguém que quer falar com você. É Karl Scheister, o procurador-chefe da nossa corporação.

KS: Oi, Rubens. Grande corrida!

VOZ 2: Se manda, seu incorporado doente [opa!]

KS: Você está terrível, muito bem! Ouça, eu estou lendo o seu contrato agora Rubens, e eu cito, "considerando a parte primeira" - que é você, por acaso - "deveria ultrapassar o carro principal do grupo da parte segunda" - que somos nós, significando Michael e a Ferrari - "e recusar as ordens da equipe para corrigir a situação, a parte primeira estará sujeita a penalidades, o que inclui a perda total do salário..."

VOZ 2: Eu não ligo!

KS: "perda de direção..."

VOZ 2: Que seja!

KS: "...e a transferência de 'Lulu', canina mestiça pertencente à primeira parte e atualmente sob porte da segunda parte, para uma terceira parte inominada permanentemente".

VOZ 2: Seus desgraçados!! Eu ainda vou levar essa para casa! Eu mereço essa vitória!!

VOZ 1: Rubens, eu tenho mais alguém que gostaria de conversar com você, falta 1 volta, cara. A pressão do combustível está boa.

VOZ NÃO IDENTIFICADA 4: Rubens?

VOZ 2: Mãe?

VOZ 4: Rubens, eu estou com medo. Não consigo enxergar e não sei para onde eles me levaram. Meus pulsos doem! Deus me ajude! [sons abafados]

VOZ 2: Mãe? Mãe!! Seus desgraçados!! Seus doentes, doentes desgraçados!!

VOZ 1: Rubens, Michael está perguntando o que está demorando tanto. Falta 1 volta, cara.

VOZ 2: Está bem!! Está bem!! Vocês venceram!! Vocês venceram!! Só não machuquem a mamãe. E eu quero a Lulu de volta quando a temporada acabar.

VOZ 1: Sem problemas, cara. O Dia das Mães só ocorre uma vez por ano.

VOZ 2: Obrigado Deus... [sons de choro foram ouvidos]

VOZ 1: E um contrato é um contrato.

VOZ NÃO IDENTIFICADA 5: Uhhhhhuuuuu!!!!! Eu ganhei!! Eu ganhei!!

VOZ 1: Grande corrida, Rubens.

VOZ 2: Ah, calem a boca, seus tagarelas...

Fim da transmissão.

Opinião dO Cachete:

Essa história procede? Julguem e tirem suas próprias conclusões... Depois perdoem o Rubens Barrichello por todas as gozações que foram ditas para ele.... Ou comecem a gozar o Felipe Massa, também! Ele abriu por muito menos...

Itamar Montalvão
@imont Sabe o que Nelson Piquet responderia no rádio se alguém da equipe dissesse que "Fulano está mais rápido que você"? FODA-SE.

O Cachete concorda com o @imont. No Brasil, apenas o Piquet faria isso...

João Paulo - Outro Metalúrgico Bom de Luta

Um Bom Voto

João Paulo Lima e Silva (Olinda, 31 de outubro de 1952) é um político brasileiro filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT).

Foi o primeiro presidente da CUT Pernambuco

Cargos Eletivos

Eleito

* Foi o primeiro vereador do Recife eleito pelo Partido dos Trabalhadores, em 1988.
* Já foi três vezes deputado estadual.
* Prefeito do Recife, eleito em 2000 e reeleito em 2004.

Não eleito

Concorreu à prefeitura do Recife em 1996, sem sucesso.

Opinião dO Cachete:
Conheci João Paulo durante uma greve na Microlite Ray-O-Vac - ele já era vereador por Recife. Conversamos na frente da fábrica durante uns 30 minutos. Fiquei impressionado com a capacidade de articulação dele. Ao final de nossa conversa, ele me ofereceu uma carona para casa, mas seu assessor informou que havia outro compromisso e que não seria possível. Notei sua expressão de frustração. Depois o encontrei durante um trabalho que realizamos no elevador que atende ao Polo Marco Zero no Carnaval. O então Prefeito João Paulo foi mais uma vez extremamente simpático com nossa Equipe de Manutenção. João Paulo do PT - Um bom voto!

sábado, 24 de julho de 2010

Blog do Favre - O Medo Invade a Campanha

PSDB recorre a velhos fantasmas e tenta assustar o eleitor ao vincular o PT a grupos terroristas e ao crime organizado Alan Rodrigues e Sérgio Pardellas – ISTOÉ

chamada.jpg
PARCERIA
Serra e Indio da Costa planejaram ataques

O comando da campanha de José Serra (PSDB) colocou o medo no centro da disputa presidencial. Tudo começou com a surpreendente entrevista do vice de Serra, Indio da Costa (DEM), dizendo a um site do partido que o PT é ligado às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e ao narcotráfico. Num primeiro momento, lideranças partidárias passaram a ideia de que Indio era apenas uma voz isolada – além de descontrolada e inconsequente. Aos poucos, porém, foi ficando claro que ele cumpria um script previamente combinado. Muito bem orientado pelos caciques do PSDB e DEM, o vice de Serra servia de ponta de lança para uma estratégia de campanha: o uso da velha e surrada tática do medo. Ele procurava criar fantasmas na cabeça do eleitor para tirar votos da candidata petista à Presidência, Dilma Rousseff.

G_medo_Braasil.jpg

A tática do medo, por definição, desqualifica o debate político. Quem a utiliza está disposto a trabalhar não com a razão, mas com sentimentos mais primários e difusos. Recorre a argumentos distantes de qualquer racionalidade para tentar encantar um público mais desinformado ou que já coleciona arraigados preconceitos. É um jogo perigoso: “Campanhas negativas podem até aumentar a rejeição ao candidato que as patrocina”, diz o cientista político José Paulo Martins Jr., da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Mas os tucanos resolveram arriscar.

img3.jpg

ACUSAÇÕES
Tasso Jereissati diz que Lula é “chavista”

Apesar das reações provocadas pelas declarações de Indio da Costa (o TSE já concedeu até direito de resposta ao PT), expoentes do PSDB e o próprio Serra não desautorizaram o deputado do DEM. Ao contrário, passaram a engrossar o vale-tudo eleitoral. Animado, Indio voltou à carga, insinuando uma relação entre o PT e uma facção criminosa do Rio. “Já há vários indícios de ligação do Comando Vermelho com as Farc. E qual a opinião da Dilma sobre isso? Veja só: o PT e as Farc, as Farc e o narcotráfico, o narcotráfico, o Rio de Janeiro e o Comando Vermelho, com indícios muito claros de relacionamento. Ela (Dilma) tem que dizer o que acha”, afirma. Na quinta feira 22, foi o próprio Serra quem assumiu a estridente toada: “Há evidências mais do que suficientes do que são as Farc. São sequestradores, cortam as cabeças de gente, são terroristas. E foram abrigados aqui no Brasil. A Dilma até nomeou a mulher de um deles.” Desta vez, o tom do discurso escandalizou os adversários. “Fui surpreendido com a decisão de Serra de entrar nesse debate. Pelo jeito, ele resolveu dar uma guinada para a direita ao perceber que não deu certo o estilo ‘Serrinha paz e amor’. Serra, agora, resolveu ser troglodita”, disse o líder do governo na Câmara e um dos coordenadores da campanha de Dilma, Cândido Vaccarezza (PT-SP). “Não adianta o kit baixaria do Serra: o povo quer saber é de propostas e de trajetória”, afirmou o deputado petista Ricardo Berzoini.

img1.jpg
ALVO
Tucanos querem irritar Dilma e cobram resposta

A tentativa do PSDB de criar uma atmosfera de satanização do PT e de sua candidata ao Planalto, Dilma Rousseff, é inteiramente planejada, ao contrário do que poderia parecer. Segundo apurou ISTOÉ, pesquisas qualitativas em poder da coordenação da campanha tucana identificaram que setores do eleitorado brasileiro ainda teriam restrições à “turma ligada ao Lula”. Na enquete realizada pela coligação PSDB-DEM abrangendo as regiões Sul, Sudeste e Nordeste (70% do eleitorado nacional), chegou-se à conclusão de que a imagem de Lula é a mais próxima do chamado “político ideal”. Diante desse quadro, a pesquisa, focando o eleitor das classes B e C, de 25 a 50 anos, tentou filtrar o que, para a população, haveria de bom e ruim no governo petista. Lula foi considerado “quase acima do bem e do mal”, conforme informou à ISTOÉ um dirigente tucano que teve acesso aos números. Porém, em seis pesquisas, quando consultados sobre temas espinhosos como radicalismo e corrupção, os eleitores invariavelmente apontavam a culpa para setores “em torno” de Lula. A turma é que não seria boa.

img4.jpg

A constatação animou os tucanos a investir contra o PT. Nas próximas semanas, entre os novos temas a serem abordados estão a relação dos petistas com Hugo Chávez e a defesa que fazem do terrorista Cesare Battisti. Mas, no embalo, sobrará até para o próprio Lula, como demonstrou, na quarta-feira 21, o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE): “Lula é chavista”, disse o líder tucano. “Ele pretende fazer aqui neste país uma ditadura populista, em que vai se cerceando os espaços de todo mundo e ficando só o seu espaço de poder.” Para Jereissati, a questão não tem a ver com a alta popularidade de Lula. “Chávez também é muito popular. Outros ditadores também foram muito populares. O problema é que neste governo a política é de eliminação de todo e qualquer adversário”, disse.

Um retrospecto histórico mostra, no entanto, que a tática do medo, colocada em curso pela campanha tucana, funcionou na volta do País à democracia, mas não tem dado certo num Brasil mais maduro. Levado a cabo nessas eleições, o vale-tudo eleitoral pode, mais uma vez, significar o suicídio da campanha tucana. Em 2002, por exemplo, o próprio Serra, então candidato de Fernando Henrique Cardoso ao Palácio do Planalto, lançou mão do medo como artifício: “Existe o PT real e o PT da tevê”, disse ele no horário eleitoral. “É muito importante debater as invasões ilegais e as ligações com as Farc. Isso não aparece na tevê, mas é um lado do PT”, acrescentou o tucano, que estava em baixa nas pesquisas. Por causa dos ataques, o PSDB perdeu um minuto e meio de seu tempo na tevê. E o resultado, todos sabem: Lula venceu a eleição e já está há quase oito anos no poder, registrando índices recorde de popularidade.

A retórica do medo não costuma ter a capacidade de reverter votos, segundo o consultor político e professor da USP Gaudêncio Torquato. “O terrorismo linguístico que começa a subir a montanha não chega perto das massas. Apenas reforça posições de camadas já sedimentadas”, disse ele à ISTOÉ. “Não é novidade utilizar-se da tática eleitoral do medo. O que aconteceu é que Indio cumpriu um papel que lhe deram: o de tocar o apito.” Para Torquato, Indio executou a missão atribuída a ele pela cúpula de campanha do PSDB. “Assim, preservaria Serra da acidez”, acredita. Ainda de acordo com o consultor político, esse tensionamento “já era bastante previsível” e teria outras duas finalidades: a de apresentar o candidato a vice na chapa tucana ao País e tentar enervar a candidata do PT, Dilma Rousseff. “Ao mesmo tempo que eles dão uma estocada, a campanha o apresenta, já que ninguém o conhece. Também criam a polaridade que a campanha do PSDB precisa e tentam tirar Dilma do sério”, afirma Torquato.

img2.jpg
PASSADO
Virgílio, do PSDB, também recebeu as Farc

“Discutimos fatos de conhecimento público. Todo mundo sabe da relação do PT com as Farc e todos sabem que as Farc têm relação com o narcotráfico”, insiste o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra (PE). Anos atrás, o PSDB utilizou-se até das denúncias de que a guerrilha colombiana havia repassado US$ 5 milhões para campanhas eleitorais petistas, o que nunca foi comprovado. Mas, fora as fantasias, o que há de real entre o PT e as Farc? Para responder a essa pergunta, é preciso voltar ao ano de 1990. Com a dissolução da União Soviética, a esquerda mundial estava desamparada. Na América Latina, por sugestão de Fidel Castro, Lula acabou propondo a criação do Foro de São Paulo, a fim de aglutinar partidos, sindicatos e organizações de esquerda. As Farc integraram esse movimento, embora na ocasião ainda não se conhecessem vínculos dela com o narcotráfico. Daí para a frente, a guerrilha sempre participou das reuniões do Foro e recebeu o apoio político de seus membros. O PT chegou a cultivar relações com representantes das Farc, principalmente com o ex-padre Olivério Medina.

No entanto, desde que Lula chegou ao governo, em 2003, o PT tratou de se distanciar do movimento. Em 2005, como revelaram e-mails de dirigentes das Farc, a guerrilha foi impedida de participar da reunião que comemorou o aniversário de 15 anos do Foro de São Paulo e que contou com a presença de Lula. Em 2008, ocasião da libertação da ex-senadora colombiana Ingrid Betancourt, Lula condenou publicamente a guerrilha. “A grande chance que as Farc têm de um dia governar a Colômbia é acreditar na democracia, na militância política. É fazer o jogo democrático como fizemos aqui. Não se ganha eleição sequestrando pessoas”, disse.

Levando-se em conta a lógica controversa que vem sendo usada na campanha de Serra, o próprio líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), seria também ligado à guerrilha colombiana. Em 1999, Virgílio não apenas recebeu o então representante das Farc no Brasil, Hernán Ramirez, em seu gabinete, como foi considerado pelo grupo um dos principais interlocutores da guerrilha no País. À época, Virgílio era secretário-geral do PSDB e líder do governo FHC no Congresso. No mesmo ano, Ramirez visitou também o então governador do Rio Grande do Sul, Olívio Dutra (PT). Um dos objetivos dos encontros era abrir um escritório das Farc em Brasília. Mas a ideia não prosperou. Ela só voltou a prosperar agora no discurso atropelado do PSDB.
Colaboraram: Claudio Dantas Sequeira e Fabiana Guedes

G_medo_Mundo.jpg

Engolido do Blog do Favre

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Atos Falhos de uma Campanha Falha

As Pérolas Serristas

"Meu avô nasceu analfabeto!"
"Em um campeonato de más companhias, a Candidata do Governo perde!"

"José Serra - Candidato do PT à Presidência da República"

Comentário dO Cachete:
Na Campanha Tucana tudo falha. Até a DATAFALHA! Detesto ganhar assim! Com esse Vampiro Solitário e com o Índio Tonto vai ser facinho!!!!

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Ato Falho ou Incompetência? Isto é PSDB!

Clique na imagem para ampliar.

É muita incompetência!!!! Ou vontade de ser PT!!!!

Hacker Ataca o Blog do LEN


Ataque de uma Hacker tirou o Blog do LEN do ar! Nosso amigo LEN está trabalhando no sentido de recuperar os dados do Blog e reativá-lo.
Pura canalhice!
LEN, uma atitude dessas só me transmite uma mensagem. Você está no caminho certo, apertando feridas e calando canalhas! Boa Sorte e Bom Trabalho, Parceiro!

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Evento: Novas Mídias na Internet e Eleições 2010

Que Brilhe a Nossa Estrela!


EVENTO: Novas Mídias na internet e Eleições 2010
DATA: 22/07/2010
HORÁRIO: A partir das 16h
LOCAL: No auditório do PT Estadual
(RUA JOSÉ GENERAL SEMEÃO, 91 - SANTO AMARO)
JULIANA SOUZA
(81) 3034-1340 / 9442-1703

Obs.: O Cachete estará lá!

terça-feira, 20 de julho de 2010

Cenas do Índio Tonto Praticando Paraquedismo



Ele subiu no parasail e caiu de paraquedas bem no meio da Campanha Tucana...

Maurício de Nassau prometeu fazer um boi voar em Recife. A coligação DEMOTUCANALHA quer fazer a mesma coisa com o Índio Tonto.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

E Se "Sêsse"?

O Vampiro Solitário e o Índio Tonto

Em um livre exercício mental, imaginemos que, em um desses grandes acidentes da vida, a dupla Vampiro Solitário e o Índio Tonto ganhasse a eleição...
Nas viagens em que o Presidente Vampiro realizasse, quem ficaria como Presidente em exercício?? O Índio Tonto! E se, em um desses grandes acidentes da vida, o Vampiro levasse um banho de sol, uma estaca no coração ou um banho de água benta e morresse? Quem seria o Presidente da República Federativa do Brasil?? O Índio Tonto - O Paraquedista do DEM! Já pensaram nisso??? Como diz meu filho... TENSO!!!!!
Mas esse grande acidente da vida não pode e não vai acontecer... "Para o bem de todos e felicidade geral na Nação!".

O Índio Tonto foi fritado por Rodrigo Maia
Ouvi hoje de uma pessoa influente do meio político e acadêmico pernambucano a informação que o Índio Tonto foi empurrado para o cavalo manco do Vampiro Solitário pelo Rodrigo Maia com a pouco ética intenção de diminuir a concorrência eleitoral interna do DEM para Deputados Federais.... Eita! O Rodrigo Maia é candidato à reeleição!!!!! Sem o Índio Tonto do páreo, as chances aumentam! Será que procede? Pegaram o Índio pela vaidade... Novamente... Deram a ele espelhos e contas coloridas.... E ele entregou-se ao sacrifício! Bem feito!!!!

Poesia para o meu povo!


AI, SE SÊSSE!
Zé da Luz

Se um dia nois se gostasse
Se um dia nois se queresse
Se nois dois se empareasse
Se juntim nois dois vivesse
Se juntim nois dois morasse
Se juntim nois dois drumisse
Se juntim nois dois morresse
Se pro céu nois assubisse
Mas porém acontecesse de São Pedro não abrisse
a porta do céu e fosse te dizer qualquer tulice
E se eu me arriminasse
E tu cum eu insistisse pra que eu me arresolvesse
E a minha faca puxasse
E o bucho do céu furasse
Tarvês que nois dois ficasse
Tarvês que nois dois caisse
E o céu furado arriasse e as virgi toda fugisse

domingo, 18 de julho de 2010

Uma Corja Terrorista !

Do Blog Cornudo Noturno
Um canalha...
...citando outro canalha,
...comentado por 27 canalhas

Terrorismo e alto nível de desespero!

O Vampiro Solitário e o Índio Tonto

Essa Dupla mudou de lado
Agora são fora da lei

Depois das bobagens ditas em entrevista ao site do PSDB sobre o PT ser associado às FARC e ao Narcotráfico; Depois de ter colocado no site de sua editora "gracinhas" em relação à Dilma Roussef; O Suspeito Índio suposto (ah, adoro esta palavra) gatuno de merenda está cada vez mais se destacando como fora da lei. Pena que não exista uma "Sheriff" séria que poderia colocá-lo atrás das grades da vergonha por suas atitudes de moleque! A "Sheriff" atual é bem ruinzinha e incompetente quando se trata de punir a dupla acima. Esquece provas e perde prazos dos processos... Sejam bem vindos ao velho oeste. Onde o que vale é a lei do mais forte! Mas, como diz o meu amigo Capacette, "Maiores são os poderes do POVO !".

sábado, 17 de julho de 2010

A Procura do Procurador!

Os únicos vices que eu respeito
José de Alencar e o Time do Náutico!

A Sra. Sandra Cureau é Vice Procuradora Geral Eleitoral. Está fazendo o maior auê no TSE. Mas, cadê o mandachuva do pedaço? Cadê o Procurador? O que ele diz sobre tudo isso? A "Q-Horror" está detonando o TSE com a 'Síndrome de Gilmar Mendes", cujos principais sintomas são aparecer mais que todo mundo na mídia, falar bobagens, ser parcial e fechar os olhos para os desmandos da direita. Pelo amor de Deus. Procurem o Procurador!!!!

sexta-feira, 16 de julho de 2010

José Serra, o Novo Barão de Münchhausen

José Serra em uma de suas aventuras...

Karl Friedrich Hieronymus von Münchhausen (11 de maio de 1720 - 22 de fevereiro de 1797) foi um militar e senhor rural alemão. Os relatos de suas aventuras serviram de base para a célebre série As Aventuras do Barão de Münchhausen, compiladas por Rudolph Erich Raspe e publicadas em Londres em 1785. São histórias fantásticas e bastante exageradas, propagadas sobretudo no gênero de literatura juvenil.



Mais algumas de suas "Maravilhosas Aventuras"

Se o José Serra declarar que certa vez cavalgou na metade de um cavalo, caçou um alce com caroços de cereja que brotaram na cabeça e produziram frutos, não estranhem...

quinta-feira, 15 de julho de 2010

O Golpe de Sandra Cureau!

A vice-procuradora-geral eleitoral Sandra Cureau disse que requisitou as fitas da cerimônia de lançamento do edital do trem-bala para estudar a possibilidade de entrar com uma ação contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por abuso de poder político e uso da máquina pública em favor da candidata do governo, Dilma Rousseff.

A ação também pode ser feita contra a candidata do PT. Sandra disse que, pelo que ela leu nos jornais, em tese, houve abuso de poder político e uso da máquina pública. "Isso é absolutamente proibido", afirmou. Esse tipo de ação que Sandra estuda ingressar no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), se acatada, pode resultar até na cassação da candidatura da pessoa beneficiada pelo uso da máquina do governo.

Pela ação, o presidente Lula pode ser punido com multa e até responder uma ação por abuso de poder político. Na terça-feira, durante a cerimônia oficial de lançamento do edital do trem-bala que ligará São Paulo, Campinas e Rio de Janeiro, o presidente Lula promoveu Dilma, atribuindo a ela a responsabilidade pelo projeto do Trem de Alta Velocidade (TAV).

"A verdade é a seguinte: eu não posso deixar de dizer que nós devemos o sucesso disso tudo que a gente está comemorando a uma mulher", disse o presidente, em solenidade no Centro Cultural Banco do Brasil, sede provisória do governo. "Na verdade, nem poderia falar o nome dela porque tem um processo eleitoral, mas a história a gente também não pode esconder por causa de eleição", completou.

"A verdade é que a companheira Dilma Rousseff assumiu a responsabilidade de fazer esse TAV, e foi ela quem cuidou, junto com a Miriam Belchior, junto com a Erenice (atual ministra da Casa Civil)", continuou, sob aplausos de uma plateia de funcionários comissionados, políticos da base aliada e militantes. Agência Estado através do Blog Amigos do Presidente Lula.

Opinião dO Cachete:
Sra. Sandra Cureau, a senhora pode ser responsável pela maior crise institucional desde o Golpe Militar de 1º de Abril de 1964. Cuidado com o que vai fazer, porque o povo não vai aceitar a cassação da Candidata Dilma Roussef de bom grado. O povo irá às ruas, haverá muita confusão e tudo que poderá ocorrer depois vai ser debitado em sua conta na história deste País! Se quiser agir com isenção, verifique os discursos do atual governador do Estado de São Paulo para quem todas as obras no estado foram feitas exclusivamente no governo Serra. Da estátua de Anhanguera ao Rodoanel!
Sra. Cureau, prudência e canja de galinha não fazem mal a ninguém!

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Comissão Restabelece Exigência do Diploma de Jornalista

"Uma proposta aprovada hoje por uma Comissão Especial da Câmara dos Deputados retoma a obrigatoriedade do diploma universitário para o exercício da profissão de jornalista. O texto ainda precisa da aprovação do plenário da Casa, para depois ser enviado ao Senado.

Ao contrário do que julgou o Supremo Tribunal Federal (STF) no ano passado, a proposta votada pelos deputados diz que a exigência de diploma não viola os princípios da liberdade de pensamento e de informação jornalística. A aprovação do texto é uma reação ao julgamento do STF, que desregulamentou a profissão."

Do G1

Opinião dO Cachete:
Ih, Augusto Nunes! A casa caiu! O "Tio Gay Rei" já está chiando, também!

Melô do Pedágio



É muito pedágio...

Pernambuco: Dilma 52% x Serra 23%

O Instituto Maurício de Nassau, divulgou nesta quarta-feira (14), pesquisa de intenção de votos restrita ao estado de Pernambuco. Tem o 7º maior eleitorado do Brasil, com 6,2 milhões de eleitores.

Na pesquisa estimulada, mostrando a lista de candidatos:

Dilma Rousseff (PT): 52%
José Serra (PSDB): 23%
Marina Silva (PV): 4%

Na pesquisa espontânea, onde não são apresentadas opções de candidatos:

Dilma Rousseff (PT): 49%
José Serra (PSDB): 19%
Marina Silva (PV): 3%
Lula: 7%

Para governador:

Eduardo Campos (PSB): com 47,8%
Jarbas Vasconcelos (PMDB): 25,9%

Para o Senado (primeira vaga + segunda vaga):

Humberto Costa (PT): 21% + 16%
Marco Maciel (DEM): 20% + 13%
Armando Monteiro Neto (PTB): 12% + 12%
Raul Jungmann (PPS): 3% + 4%

A pesquisa foi feita entre os dia entre 7 e 8 de julho. A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais.

Engolido do Blog Os Amigos do Presidente Lula


Opinião dO Cachete:
Pernambuco fazendo sua parte na continuidade do Projeto Lula de Desenvolvimento do Brasil. Bye, Bye, Serra, Jarbas, Raul Jungmann... O Brasil ficará muito mais respirável....

Isto é José Serra!



É por isso que eu não sou reporter!
Eu ia ser preso quando ele me chamasse de mentiroso!

Engolido do Blog do Briguilino

Roda Viva, Roda Presa ou Mer.. Pura?

E a "boa" notícia do dia! Direto do Painel da Folha!

A Barbie da Veja

Time: Augusto Nunes e Paulo Moreira Leite serão os dois jornalistas "fixos" na bancada do "Roda Viva" ao lado de Marília Gabriela, que a partir de agosto comandará o programa de entrevistas da TV Cultura de São Paulo.

Opinião dO Cachete:
José Serra soltou, definitivamente, seus cães de caça. São violentos, ariscos, predadores. Preparem-se para o festival de baixarias contra as forças progressistas do país e de afagos e galanteios para os que fizeram e tentam fazer até hoje o atraso, a miséria e a desinformação.

... Ainda estou esperando a publicação do Dossiê Giovani/Konet Elevadores na VEJA!

Arnaldo Jabá e uma Palavra que Irritou!


Foi hoje pela CBN. E a palavra foi "claro". Uma generalização absurda contra o PT. Como ele se comportaria se alguém escrevesse "Um Comentarista canalha... O Jabor, claro!". Segurem o asco, ou os "enguios", como chamamos no nordeste. A fase de baixarias vai começar!

Um Belo Video...

terça-feira, 13 de julho de 2010

Luis Nassif e a Revolução da TV Cultura

Paulo "Salomé" Markun - O Carrasco de José Guilhotin
Mas já foi guilhotinado, também.

Nassif conta que foi guilhotinado pelo Paulo Markun

Hoje, no twitter, Luis Nassif contou algumas cenas da Revolução Burguesa da TV Cultura liderada pelo José Guilhotin Serra, tendo Paulo "Salomé" Markun como seu algoz. Vergonha!
Não é a toa que Serra afirma sua simpatia e colaboração com o Seguro Desemprego... Por causa dele - José Serra - muita gente está usufruindo deste benefício!

Cenas da Demissão de Heródoto Barbeiro



O Cachete entrou no bunker do Serra com uma câmera escondida...
Aonde? Isso é um problema meu...

Sério, agora! Muita gente questionou se o Heródoto Barbeiro teria sido demitido mesmo. Ontem, ele ainda comandava o "Roda Viva" da TV Cultura. Na realidade ele foi afastado do comando do programa e a Marília Gabriela já foi anunciada como a nova comandante. O Heródoto deve ficar na geladeira da TV Cultura por algum tempo. Por sorte - dele, não nossa, ele ainda tem a CBN...

Engolido do Blog Cloaca News... Quase esqueço!

Começou o Terrorismo!

Com a proximidade da Copa no Brasil, será extremamente necessário o treinamento de uma Brigada Anti-terrorista. Especializada contra o terrorismo interno. Como este exemplo abaixo:



Começou o Terrorismo!
E mau terminou a Copa da África do Sul...

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Luis Nassif - Mr. Simpatia


Já passava das 23:00 hs e o Luis Nassif ficou respondendo a perguntas dos seus seguidores do twitter, dando um grande exemplo de paciência e simpatia para os seus seguidores. Valeu Nassif!

Quem Mexe Com o Joseph é Guilhotinado!

Joseph (José) Guillotin

Joseph Guillotin (28 de maio de 1738, em Saintes - 26 de março de 1814, em Paris) – Foi um médico francês envolvido na causa revolucionária francesa. Por isso ele é lembrando como um político cientista. Guillotin é lembrado também como o inventor de um dos instrumentos de condenação que fez dele mundialmente conhecido – A Guilhotina.

Pergunta dO Cachete:
Você conhece algum político cujo primeiro nome é José, que se envolveu, e ainda se envolve, em causas a favor da Burguesia e que tem a mania de cortar a cabeça de quem o coloca em situações constrangedoras perante o povo?

A História sempre se repete! Ou como tragédia, ou como comédia!

Vão Acabar com o Estoque de Óleo de Peroba

E o Troféu Óleo de Peroba da semana vai para o Reinaldo Azevedo...
... E hoje é só segunda-feira..

Reinaldo Azevedo em seu Blog, diz:

"Isso não é jornalismo, mas brutalismo. Peguemos o exemplo do tal manifesto ilegal das centrais sindicais. Elas mentem ao afirmar que Serra se diz o criador do FAT e do seguro desemprego. O que ele diz está muito claro: foi autor da proposta que resultou no artigo 239 da Constituição, que prevê o fundo batizado, depois, de FAT — quando foi regulamentado por lei. O seguro-desemprego já estava na Constituição de 1946. Até a ditadura criou uma lei específica sobre o assunto, em 1965. O pacote do Plano Cruzado trazia novo dispositivo a respeito. Mas atingia pouquíssimas pessoas por motivos óbvios: não havia a garantia da fonte do dinheiro — e o tal artigo 239 da Constituição cuidou disso."

Comparem agora com o vídeo da chamada do PSDB:



A palavra "CRIOU" é dita no vídeo e escrita na legenda

É muita cara de pau, doença mental, falta de caráter e canalhice absoluta!!!!

Uma pergunta:
Por que o manifesto das Centrais Sindicais seria ilegal? O Reinaldo Azevedo - Tio Rei para as "nêga" dele - é juiz eleitoral agora? Já classificou o manifesto como ilegal, coisa que nem mesmo o TSE se posicionou!

domingo, 11 de julho de 2010

Para Não Esquecer!

video

Serra e o Planeta Água

Josias de Souza e as Marcas de sua Infância

O Blogueiro Josias de Souza foi um dos principais protagonistas da semana com a publicação de uma charge de extremo mau gosto produzida pelo cartunista Nani. Ver abaixo:

Trata-se de um claro ataque de preconceito e discriminação contra a Candidata Dilma Roussef. Mas ele já foi mais sutil. Em outro post, em 15/02/2009, o blogueiro Josias já tinha atacado a Dilma e a Marta de modo subliminar - fizemos um post sobre isso. Conforme pode ser visto abaixo:

Deduz-se que:
Ou ele gosta de agredir a Dilma de forma velada.
Ou ele acha que toda mulher que se destaca é prostituta.
Ou ele sente muita saudade da mãe dele... E sempre lembra dela, em seus posts...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil quanto ela mesma."
(Joseph Pulitzer)