Cachete - S. M. Antigamente, no Nordeste do Brasil, era assim que se chamava qualquer comprimido para dor.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Cláudio Humberto Quer Ser Demitido...






Do Blog do Cláudio Humberto:

Reportagem desta quinta-feira no "Jornal Nacional", da TV Globo, exibiu imagens do celular de um repórter do jornal Folha de S. Paulo comprovando que um outro objeto, "transparente", provavelmente um rolo de fita do tipo "durex", atingiu a cabeça do candidato tucano a presidente, José Serra, durante o tumulto desta quarta-feira, no Rio. A reportagem divulgou entrevista do perito Ricardo Molina confirmando o segundo objeto. Serra também aparece afirmando que foi vítima de agressão ao ser atingido na cabeça por um segundo objeto e que por isso teria ficado tonto e enjoado. O médico que o atendeu, Jacob Kligerman, ex-secretário de Saúde de Cesar Maia (DEM), antigo prefeito do Rio e aliado do tucano, declarou que não houve qualquer ferimento, mas que recomendou 24 horas de repouso a Serra. Confirmadas as circunstâncias do episódio relatado pelo "JN", Serra entrará para a história dos confrontos políticos como o primeiro caso de vítima de um atentado a fita durex.

Opinião dO Cachete:
Não está querendo perder a cabeça para o Serra? Te cuida, Claudinho!!!!

2 comentários:

Universae disse...

Uma perguntinha:
Quem disse para o Molina que foi uma fita para embalagem daquele tamanho?
Não dá para ver que era uma fita igual aquela que ele segura no vídeo.
Pelas imagens, parece uma fita durex (das pequenas). De qualquer forma é bom a militância do PT evitar confrontos, pois é bem capaz dos tucanalhas forjarem um atentado mais sério. Eles são capazes de qualquer coisa para pôr a mão no poder.
Faltam 9 dias. Só Deus (ou melhor: o diabo) é capaz de saber o que os DEMOS/Tucanos e o PIG são capazes de fazer.

Giovani de Morais e Silva disse...

Sem falar que o Molina é Foneticista... Mas para a Globo iludir, basta ser "o especialista"! Valu, Universae!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil quanto ela mesma."
(Joseph Pulitzer)